Flamengo supera Barcelona de Guayaquil e desfalques pela covid-19 na Libertadores

O Flamengo se recuperou da goleada por 5 a 0 sofrida na última quinta-feira (17) para o Independiente Del Valle (Equador) em grande estilo. Nesta terça-feira (22), novamente em território equatoriano, o Rubro-Negro deixou para trás os problemas causados pelos 11 desfalques da equipe, sete deles contaminados pelo novo coronavírus (covid-19), e superou o Barcelona local no estádio Monumental de Guayaquil. A vitória por 2 a 1, na raça, deixou o time carioca com a classificação encaminhada às oitavas de final da Libertadores.
O resultado levou o Flamengo a nove pontos, na segunda posição do Grupo A, após quatro rodadas. O líder é o Del Valle, com quem os brasileiros se reencontrarão na próxima quarta-feira (30), no Maracanã, às 21h30 (horário de Brasília). Antes disso, neste domingo (27), o Rubro-negro visita o Palmeiras, no Allianz Parque, às 16h, pela 12ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Já o Barcelona, zerado na Libertadores, está eliminado e só cumpre tabela nas duas partidas finais da primeira fase.
As ausências por causa da covid-19 foram os laterais Maurício Isla, Matheuzinho e Filipe Luís, o meia Diego Ribas e os atacantes Michael, Vitinho e Bruno Henrique. Além deles, o goleiro Diego Alves (lesão no ombro esquerdo), o zagueiro Gustavo Henrique (suspenso) e os atacantes Gabriel Barbosa e Pedro Rocha (ambos com lesões na coxa) também não estiveram à disposição.
Mesmo com tantos desfalques, o Flamengo atuou solto, com tramas rápidas, aproveitando-se da marcação frouxa do Barcelona. Aos cinco minutos, após jogada individual pela esquerda, o volante Gerson encontrou Pedro livre na entrada da área. O centroavante, substituto de Gabriel, teve tempo de dominar e bater entre as pernas do goleiro Javier Burrai, abrindo o placar.

Por Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil e da Rádio Nacional

%d blogueiros gostam disto: