Inea reduz em 50% ocorrências de incêndios florestais na Região Serrana

Entre os meses de agosto e setembro, o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), órgão vinculado à Secretaria Estadual do Ambiente, reduziu em 50% as ocorrências de incêndios florestais – em relação ao mesmo período de 2019 – nas cidades de Teresópolis, Cidade do Carmo, Sapucaia, São José do Vale do Rio Preto e Sumidouro, localizadas na Região Serrana do Rio de Janeiro.
A queda no número de queimadas na vegetação foi um trabalho realizado em conjunto entre o órgão ambiental estadual, por intermédio da Superintendência Regional Piabanha (SUPPIB), e o 16º Batalhão do Corpo de Bombeiros.
A operação “Fumaça Zero” realizou, nesta semana, patrulhamentos ostensivos e preventivos em localidades dos municípios de Teresópolis e São José do Vale do Rio Preto. O objetivo foi intensificar o combate ao uso ilegal de fogo e aumentar a cidadania ambiental. A região da Superintendência do Piabanha abrange vasta área de Mata Atlântica.
Nesta época do ano, aumenta substancialmente o número de focos de incêndio que prejudicam a qualidade do ar e promovem a destruição da fauna e da flora local. A queimada contribui também para degradação do solo e favorece processos erosivos, como deslizamentos, quando se iniciar o período chuvoso.

%d blogueiros gostam disto: