Pandemia faz empresária investir em delivery e criar cardápio diferenciado

Vendas de cafeteria que despencaram no início da quarentena já ganharam novo fôlego neste mês

O tradicional chocolate quente acompanhado com aquela torrada Petrópolis agora divide espaço com sucos e sanduíches artesanais em uma das cafeterias mais conhecidas do Centro da cidade. Com a pandemia do novo coronavírus, a empresária Lidia Bittencourt precisou criar um cardápio diferenciado já que o público que frequenta o espaço na Rua 16 de Março também mudou nos últimos meses. Investir em delivery também foi uma das alternativas para manter as vendas aquecidas durante o período de isolamento social.
Se antes as entregas em casa ou escritórios representavam uma fatia quase nula do faturamento da cafeteria, atualmente a empresária afirma que corresponde a pelo menos 20% das vendas. Além dos pratos tradicionais, as encomendas por tortas também cresceram neste período.
Com a flexibilização do município e com a reabertura da loja física ao público, Lídia afirmou que foi preciso pensar ainda em outras estratégias. Uma delas foi ampliar o cardápio e também oferecer atrações diferenciadas para o público, como música ao vivo e mesas na parte externa da Travessa Cristal, onde a cafeteria está localizada.
“Nesta aposta para retomada do movimento também estamos investindo em sucos naturais e de sabores diferenciados que são uma boa pedida principalmente para esta época de temperaturas mais altas. O calor das últimas semanas faz com que aumente a procura por esses produtos. Também temos agora opções de cerveja, sanduíches artesanais e sorvetes”, comenta.
Segundo Lídia, nos últimos meses também teve a mudança do público que frequenta a Katz Cristal. “Antes era muito comum ter confraternizações com pessoas mais idosas e hoje vemos que o público jovem é que procura mais o espaço para reuniões de trabalho. Com a pandemia muita gente ainda está evitando sair de casa conforme recomendações dos órgãos públicos, principalmente os grupos de risco”, disse.
A empresária acredita em uma retomada gradual da economia com ainda mais flexibização por parte do município, a reabertura de alguns pontos turísticos e as festas de fim de ano que deverão impulsionar o setor nestes últimos meses do ano.
De acordo com Marcelo Fiorini, presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis (Sicomércio), apesar da reabertura do comércio, as vendas por delivery devem continuar. Ele reitera que foi uma modalidade que cresceu exponencialmente na cidade durante a pandemia. “Vimos uma mudança de hábito no consumidor de uma maneira geral. Agora vemos uma tendência de crescimento ou estabilização. Porém, mesmo se ficar estável o número de vendas é ainda muito acima do que a gente via antes da pandemia. Cada vez mais vamos ter a compra online fazendo parte do dia a dia das pessoas”, afirma.
Este crescimento vem de encontro a um cenário que se tornou realidade em todo o país. Um estudo feito pela Mobills, starturp de gestão de finanças pessoais, mostra que o isolamento social impulsionou este tipo de venda. Entre abril e junho, os gastos com os principais aplicativos de entrega de comida cresceram 94,67%.

%d blogueiros gostam disto: