UFRJ alerta aumento de casos de covid e quer fechamento das praias

Especialistas da saúde da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) emitiram uma nota técnica nesta segunda-feira (30) que pede que sejam tomadas medidas urgentes para o combate ao coronavírus, devido ao recente aumentos de casos de contaminação no estado.
Assinado pelo grupo multidisciplinar de cientistas da UFRJ, a nota traz medidas como a abertura imediata de leitos hospitalares, contratação emergencial de profissionais de saúde, realização de ampla testagem, ampliação da oferta de transporte público, suspensão imediata de eventos presenciais, fechamento das praias, fiscalização rigorosa de estabelecimentos que seguem abertos e avaliação da decretação de lockdown caso o cenário se mantenha ou se agrave.
De acordo com o grupo, o aumento dos casos se deu antes mesmo da primeira onda de contágio no Brasil chegar ao fim, o que pode causar problemas ainda mais graves em todo o país.
A nota diz que “existe grande sobrecarga das emergências dos hospitais e das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs)” e, consequentemente, que “o risco de ocorrerem óbitos sem que o paciente seja internado é elevadíssimo. São dados extremamente preocupantes” e que Segundo o epidemiologista da UFRJ, Roberto Medronho, os números apresentam altas e quedas durantes as semanas, causando um número de casos sustentado e decorrente das aglomerações ocorridas nas últimas semanas. Ainda de acordo com Medronho, eventos ao ar livros, com máscaras e distanciamento social não oferecem riscos de contaminação.
O epidemiologista reforça que o controle do número de pessoas pode ser crucial no controle do vírus em determinando ambientes, como parques ao ar livre e que é necessário retroceder ao afrouxamento das medidas sanitárias.

Fonte: O Fluminense

%d blogueiros gostam disto: