Profissionais do CAPS AD de Paraíba do Sul participam de capacitação sobre psicofarmacologia

A Prefeitura de Paraíba do Sul segue investindo na capacitação dos seus funcionários para oferecer o melhor atendimento à população. Nesta sexta-feira, dia 27 de novembro, aconteceu no Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) Dr. Paulo Delgado uma palestra sobre psicofarmacologia, ministrada pelo psiquiatra Dr. Gerson Rangel Brasil. O evento reuniu psicólogos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e alguns pacientes atendidos pela Unidade. Além dos participantes que compareceram ao local os profissionais das outras unidades acompanharam a palestra por videoconferência.
O objetivo da capacitação é demonstrar a atuação dos fármacos nos diversos casos de sofrimento psíquico e seus possíveis efeitos colaterais. No âmbito psicossocial, o tratamento medicamentoso é uma parte da ação terapêutica proposta aos pacientes, que visa reduzir os sintomas prejudiciais das patologias psiquiátricas. Diante disso, entender a função, a ação e os efeitos adversos da medicação se torna uma ferramenta valiosa que auxiliará no êxito do tratamento do paciente.
O psiquiatra Dr. Gerson Rangel Brasil falou sobre o treinamento e sua aplicação no dia a dia de trabalho. “O trabalho feito na saúde mental é realizado por uma equipe multidisciplinar, além dos médicos temos psicólogos, terapeutas ocupacionais, enfermeiros e assistentes sociais. Os pacientes atendidos na Unidade de um modo geral são pacientes que fazem uso de medicamentos e boa parte desses profissionais têm que lidar com eles. Por esse motivo é importante que eles conheçam as indicações dos medicamentos, por que os pacientes tomam, por quanto tempo, quais são os efeitos colaterais, entre outros fatores. Nesse sentido quanto maior o conhecimento dos profissionais sobre os fármacos mais segurança teremos na administração dos medicamentos”, destacou.
A psicóloga do CAPS, Lívia Figueiredo ressaltou a importância da capacitação para a equipe multidisciplinar. “Esse momento é muito importante para nós, principalmente que nos proporciona aprender a lidar com o paciente e com as reações da medicação. Isso auxilia muito no nosso dia a dia, nos traz mais conhecimento e com as informações obtidas na palestra podemos levar mais autonomia para o tratamento do paciente”, finalizou.

%d blogueiros gostam disto: