SECRETARIA DOS DIREITOS DA MULHER FAZ APRESENTAÇÃO NA CÂMARA SOBRE ACOLHIMENTO E PROTEÇÃO DA MULHER VÍTIMA DE VIOLÊNCIA

Uma reunião entre representantes do Legislativo, Executivo Municipal e sociedade civil em prol da defesa dos direitos da mulher foi promovida, nesta terça, 6, na Câmara de Vereadores de Teresópolis. Na ocasião, a secretária dos Direitos da Mulher, Margareth Rosi, apresentou o trabalho feito pela pasta, em especial, o acolhimento e a proteção às mulheres vítimas de violência atendidas pela Secretaria.
“Nós assumimos a Secretaria em maio de 2019 e esse, infelizmente, é o primeiro feminicídio que aconteceu na atual gestão. Estamos todos muito machucados com essa situação. Que toda a sociedade civil organizada possa se engajar num movimento para combater a violência contra a mulher”, pontuou Margareth Rosi, alertando para a importância da denúncia nos casos de qualquer tipo de agressão contra a mulher.
Margareth Rosi explicou que, recentemente, foi feita uma busca ativa à Natália Fonseca de Souza, de 29 anos, sendo oferecido o acolhimento e todos os demais serviços e proteção da Secretaria, mas a jovem alegou que teria meios próprios para se proteger. Natália foi vítima de feminicídio nesta segunda, 4.
Os vereadores Erika Marra, Paulinho Nogueira, Teco Despachante, Rangel e Diego Barbosa participaram da reunião. Durante o encontro Erika Marra propôs a criação de uma comissão legislativa municipal voltada para a defesa dos direitos da mulher.

Assistência à mulher
Com o objetivo de promover o acolhimento às mulheres vítimas de violência doméstica ou de gênero, a Secretaria dos Direitos da Mulher mantém o NUAM – Núcleo de Atendimento à Mulher. Instalado na 110ª Delegacia Policial, no Alto, o setor funciona todos os dias, inclusive nos finais de semana e feriados, com acolhimento de assistentes sociais.
Existe ainda o NAM ITINERANTE – Núcleo de Atendimento à Mulher, também com acolhimento de assistente social, instalado no PSF do Meudon e já se deslocando para outra comunidade.
Para acolher mulheres que sofrem ameaças de morte foi firmado termo de convênio com abrigos especializados, em locais seguros para ela e os filhos durante um período de dois anos.
Instalada no 2º piso do Centro Administrativo Municipal Manoel de Freitas (Avenida Lúcio Meira, 375, na Várzea), prédio do antigo Fórum, a Secretaria dos Direitos da Mulher funciona de segunda a sexta, das 9h às 18h. Informações sobre atendimento podem ser obtidas pelo telefone (21) 2742-1038. A Secretaria também disponibiliza um contato via WhatsApp (21) 98805-4391.

%d blogueiros gostam disto: