Após denúncia, Cobea flagra animais em condições precárias em sítio de Itaipava

O proprietário de um sítio em Itaipava foi encaminhado para a delegacia após uma vistoria técnica da Coordenadoria de Bem-estar Animal (Cobea) nesta quinta-feira (14/01). Ele será investigado por maus-tratos. Dois animais (um porco e um burro) eram mantidos, segundo a equipe técnica da coordenadoria, em locais insalubres e sem acesso a alimentação e água. A ação contou com a presença da Guarda Civil e das secretarias de Fazenda e de Defesa Civil, além da OAB Petrópolis.
A Cobea chegou ao local após uma denúncia anônima informando que os animais estavam em condições precárias. O proprietário do imóvel alegou que está preparando um local adequado para transferir os bichos. “O que vimos aqui é inaceitável”, afirma João Valois, coordenador de Bem-estar Animal, que acompanhou a ação.
“Os animais vivem em um local insalubre, estão assustados, sem acesso a água ou a alimentação. O veterinário fez um relatório da situação e, por isso, encaminhamos o dono do sítio para a delegacia. Não podemos aceitar esse tipo de situação”, completa João.
O dono do imóvel, além de responder pelo crime de maus-tratos, tem cinco dias para adequar as condições do espaço. Na semana que vem, os fiscais retornarão ao local para verificar a situação.

O telefone para denúncias é o 2291-1505.

%d blogueiros gostam disto: