Série derivada de ‘Harry Potter’ começa a ser desenvolvida pela HBO Max

Sucesso mundial, o universo de “Harry Potter” ainda soma inúmeros fãs e, sabendo disso, a HBO Max está desenvolvendo uma série derivada da história do famoso bruxo. Segundo divulgado pelo Variety, os rumores desse novo projeto começaram há um tempo, mas parece que finalmente o projeto está começando a dar os primeiros passos. Ainda não se sabe qual será o foco da série e também nenhum nome foi veiculando ao projeto, mas ele deve acontecer. A ideia da HBO é apostar na força de Harry Potter para bater de frente com o Disney+, que já anunciou diversas novas produções dos mundos Marvel, “Star Wars” e Disney-Pixar – incluindo duas séries derivadas de “The Mandalorian”.
Além de vários outros títulos originais, a HBO Max também tem projetos ousados. Atrações com os heróis da DC Comics já estão em andamento – incluindo a série “Peacemaker”, estrelada por John Cena, uma sequência do filme “Esquadrão Suicida” e uma série do “Lanterna Verde”. Esse conteúdo somado a série de “Harry Potter”, sem dúvidas, atrairia muitos assinantes. A série de livros do bruxo é uma das mais populares de todos os tempos. Os sete livros da franquia venderam mais de 500 milhões de exemplares em todo o mundo. Fora isso, as histórias foram então adaptadas para uma franquia de oito filmes de sucesso, que juntos arrecadaram quase US $ 8 bilhões em todo o mundo. O spin-off “Animais Fantásticos” já ganhou dois filmes e o terceiro dos cinco que estão planejados deve ser lançado em 2022. “Harry Potter e a Criança Amaldiçoada” também virou um espetáculo que é disputadíssimo em Londres e na Broadway.
Mesmo com tanto sucesso, os bastidores de “Harry Potter” também estão cercados de polêmicas. A criadora da franquia, JK Rowling, chegou a ser “cancelada” nas redes sociais nem junho do ano passado após uma série de tweets da autora serem considerados transfóbicos. Outra polêmica foi envolvendo o ator Johnny Depp, que interpretou o mago das trevas Gellert Grindelwald nos filmes “Animais Fantásticos”. Ele saiu da franquia depois ele perdeu um processo por difamação contra o tablóide britânico The Sun, que publicou um artigo em 2018 alegando que ele era um “espancador de mulheres” após denúncias de violência doméstica feitas por sua ex-mulher, Amber Heard.
Fonte: Jovem Pan

%d blogueiros gostam disto: