Jane Fonda receberá prêmio honorário do Globo de Ouro por seu ativismo social

A atriz americana Jane Fonda receberá uma das mais importantes homenagens do Globo de Ouro: o prêmio honorário Cecil B. DeMille, que é concedido anualmente àqueles que causaram um impacto permanente no mundo do entretenimento.
O anúncio foi feito nesta quarta-feira (26) pela rede social da associação que organiza o evento.
A cerimônia acontece no dia 28 de fevereiro.
Ativista assídua em prol de causas relacionadas ao meio ambiente e feminismo, Fonda é fundadora de diversas organizações para promover a igualdade de gênero. Uma delas é a “Jane Fonda Fund for Women Directors”, que apoia a restauração de filmes dirigidos por mulheres do mundo todo.
Em 2019, a atriz chegou a ser presa nos Estados Unidos por participar de um protesto contra as mudanças climáticas na escadaria do Capitólio, o Congresso americano. Na época, ela contou que havia se mudado para Washington para ser mais ativa na luta ambiental.
Com a premiação, Fonda se junta a uma extensa lista de ganhadores do DeMille, que inclui estrelas como Tom Hanks, Jeff Bridges, Oprah Winfrey, Morgan Freeman e Meryl Streep.
Em depoimento, o presidente da organização que realiza o Globo de Ouro, Ali Sar, elogiou a carreira condecorada de Fonda e mencionou o “ativismo implacável” da atriz.
“Seu talento inegável lhe rendeu o mais alto nível de reconhecimento”, disse Sar. “Embora sua vida profissional tenha dado muitas voltas, seu compromisso inabalável de provocar mudanças permaneceu.”
Agora, o Globo de Ouro a ser recebido por sua atuação fora das telas passa a integrar a coleção de troféus que Fonda ganhou por atuar em filmes como “Até os Fortes Vacilam”, de 1960, “Klute – O Passado a Condena”, de 1971, e “Amargo Regresso”, de 1978.

Do Notícias ao Minuto

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: