Band encaminha acordo com F1 após nova desistência da Globo

Após a Globo anunciar que não houve acordo para renovar seu contrato de transmissão com a F1, a Band está próxima de assumir a exibição das corridas a partir deste ano.
O vínculo entre a emissora paulistana e Liberty Media/FOM (braços comerciais da categoria), próximo de ser fechado, deverá ter validade por dois anos. O colunista Flávio Ricco e alguns sites, como Grande Prêmio e Máquina do Esporte, já dão o acordo como certo.
“A Band afirma que, a exemplo de outras emissoras, também está mantendo contato com a Fórmula 1, mas não há nenhum contrato assinado por enquanto. As negociações estão acontecendo”, disse a empresa em nota à imprensa.
A atual temporada está prevista para começar no dia 28 de março, com o GP do Bahrein, e vai até o dia 12 de dezembro, em Abu Dhabi. Ao todo, serão 23 provas neste ano, uma delas em São Paulo, em novembro.
A Globo, que transmitia a F1 desde 1972, confirma que não obteve acordo para renovação do vínculo. “A Globo manteve negociações constantes com a FOM/Liberty Media sobre a renovação dos direitos da Fórmula 1, sempre considerando a nova realidade mundial dos direitos esportivos. Infelizmente não houve acordo”, afirmou em nota.
A emissora carioca buscava uma composição desde o fim de 2019 para o acordo que vigorou de 2015 a 2020. Em agosto do ano passado, avisou as suas anunciantes (Santander, Itaipava, Nivea, Renault e Tim) que não conseguiu chegar a um acerto para a renovação do vínculo. As cotas de publicidade chegavam a R$ 500 milhões anuais.
Em novembro, porém, a Globo emitiu um novo comunicado, informando que havia retomado as conversas com a FOM/Liberty Media sobre os direitos.
No dia seguinte, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou a renovação do acordo com a F1 para realizar o GP em Interlagos pelos próximos cinco anos. O contrato tem validade de 2021 a 2025.
A Liberty também procurou outras opções no Brasil, como SBT e TV Cultura. A Band foi a única, além da Globo, a tentar um acordo.
A emissora paulistana transmitiu a categoria pela última vez em 1980. Foi a primeira temporada completa exibida no país, e na ocasião Nelson Piquet ficou perto do título. A Globo retomou as transmissões a partir de 1981 e pôde assim exibir a primeira conquista de Piquet.
No fim do ano passado, a Band assumiu as transmissões da Stock Car, que também tinha contrato com a Globo, e anunciou a chegada de Reginaldo Leme, comentarista histórico da concorrente por quatro décadas, até o fim de 2019.

Fonte: Folhapress

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: