Auxílio emergencial: governo estuda pagar quatro parcelas de R$ 250 em 2021

O descontrole da pandemia causada pelo novo coronavírus pressiona o governo Jair Bolsonaro (sem partido) a retomar o auxílio emergencial , programa lançado em abril de 2020 para atender pessoas em condição de vulnerabilidade e atenuar a crise econômica. O benefício encerrado em dezembro de 2020 está sendo revisto pela equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes.
Os presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), trabalham com Guedes para detalhar o novo auxílio emergencial. O governo sinaliza que o valor pago em 2021 será menor do que os R$ 600 – e depois R$ 300 – viabilizados no ano passado.
Conforme apurado pelo Estadão Conteúdo, o novo auxílio emergencial poderá contar com quatro parcelas de R$ 250, que serão pagas entre março e julho. A informação não foi confirmada oficialmente pelo governo.

Fonte: O Dia

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: