Projeto de proteção animal realiza feira virtual de adoção no próximo domingo

Vai rolar no próximo domingo, dia 28 de fevereiro, a primeira FEIRA VIRTUAL DE ADOÇÃO do projeto #SomosTodosProtetores, iniciativa de proteção animal de Petrópolis-RJ. O evento está marcado para às 11 horas, na página do projeto no Facebook: facebook.com/ProjetoSomosTodosProtetores. O grupo vai apresentar 5 de seus cães que estão para adoção com idade até 3 anos. O formato virtual foi a solução encontrada para manter o máximo de segurança, já que estamos no meio de uma pandemia.
O projeto #SomosTodosProtetores nasceu em 2019, de um movimento coletivo de ajuda a animais em situação de risco na cidade de Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, e arredores. Em sua essência, foi idealizado também com uma proposta educativa de sensibilizar pessoas a partir do princípio de que somos todos protetores em potencial. O grupo está hoje em processo de formalização para virar uma ONG (Organização Não Governamental).
Só no abrigo do projeto são mais de 100 animais, entre cães e gatos. Nem todos têm facilidade de adoção, já que muitos são idosos, alguns com problemas motores ou doenças crônicas. Além dos animais do abrigo, o STP ainda cuida de mais 60 animais que estão hospedados, de forma temporária ou permanente, na casa de protetores do projeto.
As despesas totais ultrapassam os R$ 16 mil, incluindo o aluguel da casa onde funciona o abrigo. Infelizmente, o dinheiro que entra através de colaboradores e tutores não cobre nem metade dos gastos e é por isso que o projeto está também com uma vakinha virtual ativa na tentativa de arrecadar R$ 10 mil para ajudar com os gastos dos próximos dois meses. Para colaborar, basta acessar o link vaka.me/1716282 .
Através das redes sociais do projeto – facebook.com/ProjetoSomosTodosProtetores e Instagram.com/somostodosprotetores – é possível conhecer todos os animais disponíveis para adoção e também para apadrinhamento. A campanha de apadrinhamento foi criada para aquelas pessoas que desejam ajudar um dos animais, mas não têm como adotar. A proposta é que a pessoa se torne madrinha ou padrinho de um dos bichinhos, colaborando com as despesas mensais do animal escolhido, integral ou parcialmente. Um mesmo animal pode ter mais de um padrinho ou madrinha.

CONFIRA OS CÃEZINHOS QUE ESTARÃO PARA ADOÇÃO NA FEIRA VIRTUAL:


BELINHA


Belinha é uma fêmea de mais ou menos dois anos e porte médio. Foi resgatada em meados de 2018 sendo seguida e agredida por outros cães na rua, porque estava no cio. Está castrada, vacinada e vermifugada. É muito carinhosa, mas também muito medrosa. Não interage bem com gatos, mas convive bem com outros cães. Não tem problema com crianças.

BRANQUINHA


Branquinha é uma fêmea de mais ou menos dois anos e porte pequeno para médio. Foi resgatada junto com a Belinha, em meados de 2018, e também estava sendo perseguida e agredida por outros cães. Está castrada, vacinada e vermifugada. Branquinha adora crianças, e não apresenta problemas de convivência nem com outros cães, nem com gatos.


VITÓRIA


Vitória é uma fêmea de mais ou menos dois anos e porte grande. Foi resgatada no final de 2018 com várias bicheiras e problemas nos quadris. A suspeita é que ela tenha sido espancada por traficantes da comunidade onde foi encontrada, que estavam ameaçando matá-la por conta das bicheiras. Está castrada, vacinada e vermifugada. É muito meiga e adora crianças. Convive bem com outros cães e não apresentou problemas na convivência com gatos.

PINTADO


Pintado é um macho de mais ou menos dois anos (idade ainda não confirmada por um veterinário) e porte médio. Foi resgatado porque estava sendo agredido por usuários de crack na rua. Está vacinado e vermifugado, mas ainda não foi castrado. É muito dócil, não tem problema com crianças e socializa bem com outros cães, mas detesta gatos.

FERDINANDO


Ferdinando é um macho de mais ou menos dois anos e porte médio. Foi resgatado ainda filhote – com mais ou menos três meses – junto com seu irmão, Tomilho. Está vacinado, vermifugado e castrado. Demora um pouco para socializar com outros cães, mas se adapta. Não tem problemas com crianças. Ainda não foi socializado com gatos, mas late bastante para eles.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: