Há dois meses, familiares sofrem sem notícias dos três meninos desaparecidos em Belford Roxo

Há dois meses, familiares de Fernando Henrique, de 11 anos, Alexandre Silva, de 10 anos, e Lucas Matheus, de 8 anos, sofrem sem notícias sobre o paradeiro deles. Os três meninos desapareceram no dia 27 de dezembro de 2020, no bairro Areia Branca, em Belford Roxo, na Região Metropolitana do Rio. Segundo a Polícia Civil, “desde o primeiro dia, a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) vem empenhando força máxima para localizar os garotos desaparecidos”.
Segundo relatos das famílias, Alexandre, Lucas e Fernando estavam brincando em um campo de futebol perto da casa deles, em Jardim Dimas Filho, em Belford Roxo, e depois foram tomar café na casa de Alexandre. Amigos próximos afirmam que, depois do lanche, os três avisaram que estavam indo para a Feira de Areia Branca, que fica a cerca de 2 km do local, e desapareceram.
A mãe do Alexandre, Rana Jessica Silva, de 31 anos, afirmou estar sendo muito difícil ficar esses dois meses sem notícias do filho, ainda mais com o aniversário do menino chegando. Alexandre completa 11 anos no dia 15 de março.
“Está sendo difícil sem nenhuma resposta, sem nenhuma pista. Ninguém sabe de nada, ninguém viu eles passando na rua. Eu acho que alguém pegou eles de maldade e não quer soltá-los”, contou.
Apesar de tanto tempo sem informação do paradeiro dos meninos, familiares seguem com esperança de encontrá-los vivos.
“Está sendo muito doloroso, estou com o coração partido, em pedaços. Eu tenho esperança de encontrar eles com vida. Eles devem estar até doentes, porque é muito tempo sem a família e só a gente sabe como eles gostam de ser tratados. Eles têm tudo do bom e do melhor dentro de casa. Queria tanto que meus netos estivessem comigo”, lamentou a avó do Alexandre e do Lucas, Silvia Regina da Silva, de 58 anos.

Fonte: O Dia

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: