RODOVIÁRIOS OFICIAM SETRANSPETRO PARA INICIAR NEGOCIAÇÕES DA DATA-BASE

Na manhã da quarta-feira, 03 de março a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Petrópolis, entregou novo oficio ao Setranspetro – Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários de Petrópolis solicitando que seja definida uma data para encontro entre os representantes do sindicato e de fato iniciada as negociações da data-base.

A data-base é o período do ano destinado à correção salarial e revisão das condições de trabalho especificadas por Acordo, Convenção ou Dissídio Coletivo de cada categoria profissional. Esse período é sempre referenciado a partir do primeiro dia do mês da data-base, no caso dos rodoviários de Petrópolis, a data-base é realizada no mês de março de cada ano.

Com o intuito de se adiantar e promover o processo mais transparente e correto possível, o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de PetrópolispromoveuumaAssembleia Geral dos Trabalhadores da Categoria na quinta-feira, 28 de janeiro, e entregou em mãos, em forma de ofício protocolado, a pauta de reivindicações para a Convenção Coletiva 2021, na sede do Setranspetro – Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários de Petrópolis, na sexta-feira, 29 de janeiro.

“A pauta entregue ao Setranspetrofoi o resultado das duas sessões da Assembleia Geral Extraordinária e nela estão às solicitações dos trabalhadores, bem como outras reivindicações propostas pela diretoria do Sindicato”, pontuou Edson de Oliveira, Presidente do Sindicato.

Entendendo que não existe um prazo legal estabelecido para as negociações e com o intuito de garantir os direitos dos trabalhadores o Departamento Jurídico do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Petrópolisno âmbito do direito coletivo do trabalho ajuizou, na sexta-feira, 26 de fevereiro, um protesto diante do TRT – Tribunal Regional do Trabalho para prover a manutenção do direito e garantias a partir da data-base, ou seja, mesmo que as negociações se estendam por mais de um mês, todos os trabalhadores da categoria terão não apenas os direitos adquiridos na negociação, como também esses direitos retroagirão à data base, ou seja, terão validade a partir de 01 de março de 2021.

Por entender que oficialmente a data-base da categoria se iniciou na última segunda-feira, 1º de março, o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Petrópolisvemcobrando diariamenteuma resposta oficial por parte do Setranspetro – Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários de Petrópolis, para tanto enviou um novo ofício para formalizar a cobrança de umaresposta da pauta de reivindicações apresentadas no mês de janeiro corrente.

“Precisamos deixar claro que Sindicato ainda não convocou estado de greve, tendo em vista que ainda não obteve retorno das empresas sobre as reivindicações enviadas após a realização da Assembleia. É importante também que todo trabalhador rodoviário saiba que os seus direitos estão garantidos e retroagirão a data-base, a partir de primeiro de março. Frisamos ainda que a ameaça de greve foi divulgada por um grupo de rodoviários isolados e não pelo Sindicato. As reivindicações já foram enviadas ao Setranspetro e estamos cobrando diariamente a resposta, inclusive, enviamos mais um ofício cobrando retorno por parte dos empresários. O Sindicato somente convocará o estado de greve caso a proposta seja rejeitada e as negociações encerradas por parte dos empresários, pois é primordial que sejam observadosos trâmites legais para que, se necessário for, a greve tenha legalidade”, finalizou Edson.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: