Governo interino participa de reunião sobre Desenvolvimento Econômico da Região Serrana em Teresópolis

Grupo estuda ações que devem ser trabalhadas para o fortalecimento no desenvolvimento dos municípios

Os secretários de Desenvolvimento Econômico das três principais cidades da Região Serrana participaram de uma reunião em Teresópolis nesta quarta-feira (03.03), na sede da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Teresópolis (ACIAT), com a proposta de criação de projetos integrados para fortalecer segmentos como turismo e tecnologia. O encontro foi organizado pelo Mercoserra.
“A intenção é a de mostrar que vários produtos que compõem a cadeia econômica podem ser comprados nessas três cidades, girando a economia e mostrando os potenciais produtivos de cada município. Temos tudo para alavancar o crescimento econômico na Região Serrana e essa ação conjunta mostra o poder que os municípios têm na retomada da economia dentro do Estado do Rio de Janeiro”, destaca o prefeito interino Hingo Hammes.
“A ideia dessa ação é criar uma sinergia entre as cidades e poder trabalhar em parceria, tendo como objetivo transformar a região em um grande polo de geração de emprego e renda, principalmente nos segmentos de turismo e tecnologia, que são fortes nas três cidades. Essa reunião serviu para darmos início a esse trabalho de cooperação”, afirma o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Soares.
De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, em Petrópolis, estão constituídos mais de 14 mil estabelecimentos entre indústrias, comércio e prestadores de serviços. Além disso, cerca de 1,6 milhão de turistas visitam a cidade anualmente.

Programa de visitas às empresas tem continuidade
O trabalho permanente de aproximação com empresas do município continua. O programa, liderado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, criou um cronograma de visitas às empresas petropolitanas dos mais variados segmentos.
Nesse trabalho a equipe do Desenvolvimento Econômico já visitou as empresas SafeTec, HGL Engenharia, Cervejaria Imperial, Carl Zeiss, Celma, Matteis Borg/Mustad e a Alfa Laval. Todas apresentaram expectativa positiva para esse ano de 2021.
Marcelo Soares, ressalta que “a interação com a diretoria das empresas sediadas em Petrópolis nos permite saber a saúde econômica de cada uma. Intensificamos essas visitas para termos um panorama amplo e fomentar políticas públicas que possam ajudar as empresas a aumentar a capacidade de investimento em suas plantas”.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: