Choque de ordem no Centro e nos distritos para fiscalizar aglomerações

O governo municipal realizou nesta sexta-feira (06) nova operação Choque de Ordem, visando garantir o cumprimento das novas medidas restritivas estabelecidas pela prefeitura. Os agentes estiveram pelo Centro (13 de Maio, Praça da Liberdade e adjacências) e também nos bairros, incluindo nos distritos.
Na 24 de Maio, na Rua Adão Brand, Ponte Fones e na Praça Pasteur, os agentes orientaram os comerciantes que, no momento da chagada das equipes, ainda estavam abertos. “Todos acataram as orientações imediatamente, entendendo a importância das medidas”, ressaltou o superintendente geral da Guarda, José Augusto Antônio Carvalho. Com o cumprimento das regras, não houve aplicação de multas nem interdições. Participaram da operação a Fiscalização de Posturas, Vigilância Sanitária, Guarda Civil, Polícia Militar e o Conselho tutelar.
O objetivo deste trabalho é desacelerar a taxa de contágio da Covid-19 e prevenir uma eventual sobrecarga, ou mesmo o colapso no sistema de saúde de Petrópolis – o que já ocorre em municípios vizinhos. O decreto municipal determina que comércios, bares, lanchonetes e restaurantes, mesmo os que funcionam em shoppings e centros comerciais, devem fechar às 22h (sem clientes a partir deste horário). Durante o horário de funcionamento (autorizado das 5h às 22h), os mesmos devem respeitar o limite de 50% da capacidade de ocupação. Pistas de dança seguem proibidas.
Também está proibida a permanência de pessoas em vias, áreas e praças públicas das 22h às 5h. Apenas a circulação é permitida. A secretária de Serviços, Segurança e Ordem Pública, Karina Bronzo falou da importância da operação. “É um processo de conscientização das pessoas para que respeitem os novos decretos de prevenção à covid-19. O principal objetivo dessas operações é evitar a propagação do vírus e salvar vidas”, frisou, lembrando que as equipes encontram resistência, principalmente do público mais jovem, no momento das abordagens. “É um trabalho que demanda a cooperação de todos. Quanto maior for o cuidado de cada um, menor será a necessidade de medidas mais restritivas”, lembrou.
“Precisamos do apoio de todos. É importante manter o uso de máscaras, evitar aglomerações e manter os cuidados de higiene. Se todos adotarmos estes cuidados, vamos conseguir conter o avanço da doença até que tenhamos vacinas em quantidade suficiente para imunizar toda a população. A vacina começou a chegar, mas ainda estamos muito longe de proteger do ideal. A entrega de doses pelo país tem sido em quantidade insuficiente para a vacinação de todo o público alvo”, lembrou o secretário municipal de Saúde, Aloisio Barbosa da Silva Filho.
Denúncias sobre descumprimento de decretos municipais e aglomerações podem ser feitas à Guarda Municipal, pelos telefones 153 ou (24) 2246-9257 (funciona 24h); Fiscalização, pelos telefones (24) 2246-9042 ou 2246-9043 (funciona de segunda a sexta-feira das 9h às 18h); e Vigilância Sanitária, pelos telefones 2246-9041 (funciona de segunda a sexta-feira das 8h às 17h). Denúncias de aglomerações também podem ser feitas à Polícia Militar, pelos telefones 190 ou 2291-4020.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: