Hugo Leal teme que disputa judicial impeça melhorias na BR-040

Durante a reunião para discutir a situação do trecho da BR-040, Rio/Juiz de Fora, administrado pela Concer por decisão judicial, após o fim do contrato no dia 28 de fevereiro, o deputado federal, Hugo Leal (PSD), manifestou preocupação com uma disputa judicial, que pode levar anos e impedir os investimentos necessários na estrada para atender os usuários. Mais uma vez, o deputado colocou-se à disposição para continuar a luta pela contratação de uma nova empresa para administrar o trecho da BR-040.
Durante sua participação no encontro, promovido no Palácio Quitandinha, pelo prefeito interino de Petrópolis, Hingo Hammes, com a presença de empresários, políticos e prefeitos de vários municípios, o deputado Hugo Leal lembrou que, apesar dos esforços realizados pela bancada do Rio de Janeiro no Congresso Nacional, somente conseguiram destinar R$ 14.700 milhões para o Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT), para que possa assumir a administração da BR-040 até a realização de nova licitação, por meio de emendas individuais impositivas, ou seja, aquelas que o Governo Federal é obrigado a cumprir.
Além do deputado Hugo Leal, que destinou R$ 2.900 milhões, o DNIT contou com emendas dos deputados Christiano Áureo, Clarissa Garotinho, Felício Laterça, Gutemberg Reis, Otoni de Paula, Paulo Ganine e Soraya Santos (no total de R$ 11.800 milhões), que somados à emenda de Hugo Leal, dá o valor total de R$ 14.700 milhões, não atingindo, portanto, os R$ 50 milhões que era a intenção da bancada do Rio.
O deputado Hugo Leal disse que o valor tem por objetivo dar ao DNIT recursos para que possa realizar o trabalho de conservação e recuperação de ativos de infraestrutura da União, neste caso a BR-040, no trecho administrado pela Concer e que deveria, a partir do dia 1º de março ser administrado pelo DNIT. No encontro de quinta-feira, no Quitandinha, o Superintendente Regional do DNIT no Estado do Rio de Janeiro, Robson Carlindo Santana Paes Loures confirmou o que o deputado já havia anunciado, que o departamento está pronto para assumir a administração da BR-040, assim que a liminar a favor da Concer for derrubada.
Apresentando de forma rápida e resumida, o deputado Hugo Leal lembrou a luta de anos que vem sendo feita com a Concer para que as cláusulas do contrato fossem respeitadas e cumpridas. Lamentando que “agora que o contrato terminou, quem afirmava que ele deveria ser respeitado e cumprido, agora o está descumprindo e para isto se vale de manobras judiciais”.
Para Hugo Leal a queda de braço pela permanência ou não da Concer somente termina com um grande entendimento, pois ele não tem dúvida que a concessionária vai levar a discussão até as últimas instâncias da justiça. “Até lá, como ficam os investimentos e melhorias na estrada? Como fica a construção da nova pista de subida e a tão desejada por todos os petropolitanos, a ligação Bingen/Quitandinha?”, questionou o deputado.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: