Simone e Simaria deixam The Voice Kids

Simone e Simaria deixam o time de jurados do The Voice Kids, em 2021, após três edições e duas vezes campeãs da competição. Elas anunciaram o afastamento nesta terça-feira (9) alegando que não é possível conciliar o cronograma de gravação com os cuidados com a maternidade.
Simone, que deu à luz a Zaya em fevereiro, nos Estados Unidos, afirmou que espera em breve estar com todos do programa. “Agora com a minha bebezinha, não vamos entrar em estúdio, mas esperamos em breve estar com a família The Voice Kids e com os nossos passarinhos que cantam e encantam neste programa”, disse.
Simaria agradeceu a parceria com a TV Globo. “Agradecemos muito a parceria nestes três anos com a TV Globo. Temos o The Voice Kids como uma família e este sentimento não vai mudar. Mas estaremos acompanhando a atração e torcendo pelos grandes talentos que estarão no programa”, afirmou.
A dupla disse que segue divulgando o DVD “Debaixo do Meu Telhado”, lançado em formato de EP, com quatro músicas, em novembro do ano passado. O álbum teve 180,4 milhões de visualizações no Youtube e a música de trabalho “Foi Pá Pum”, com 125 milhões.
O EP foi lançado em quatro faixas já acompanhadas de vídeos gravados, em um palco montado na casa de Simone, em Alphaville, em São Paulo. Daí o nome, “Debaixo do Meu Telhado”. A pré-produção foi feita na casa de Simaria.
“Ela tem um estúdio lá e chamou os compositores, produtores, para finalizar tudo”, explica Simone. “É coisa de louco fazer tudo isso em 15 dias, né? Simone pedia logo as músicas para decorar e mandamos tudo em cima da hora. Compondo e produzindo em simultâneo. Foi difícil para todo mundo”, diz Simaria.
A primeira música lançada é a romântica “Foi Pa Pum”, composta por Daniel Caon, namorado de Rafa Kalimann, e Juan Marcos, da dupla com Vinicius. “O estilo segue muito popular, bem povão, que o pessoal gosta de ouvir. Seguimos a linha do que está rolando agora, piseirinhos misturados com sertanejo. A ‘Pá Pum’ é supersuingada”, conta Simaria.
O EP traz ainda “Aí Lascou”, com participação do cantor Dilsinho; “Na Classe”, com Bruno & Marrone; e “Presente de Deus”. A segunda parte virá em janeiro. “Eu que escolhi as participações. No começo queríamos um sertanejo mais antigo, com Zezé Di Camargo e Luciano, uma faixa mais velha deles e uma nova nossa. Mas as coisas foram mudando de rumo, aí liguei para Marrone e eles toparam na hora. Dilsinho, uma graça, também topou”, conta Simaria.
A dupla revela que o “dinheiro está curto” nesta pandemia, mas dá para divulgar tudo pela internet. Para elas, no entanto, gravar um trabalho em plena pandemia foi fácil perto de desafios que já passaram. “A transição do forró para o sertanejo no início da carreira foi o momento mais difícil. Eu estava de resguardo e tive que tomar a decisão mais importante da dupla, que era fechar um grande contrato”, conta Simaria.

Do Notícias ao Minuto

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: