sáb. set 18th, 2021

Cadeirante ameaça explodir agência caso não recebesse benefícios atrasados

Um homem numa cadeira de rodas ameaçou explodir uma agência do INSS em São Caetano do Sul (SP) caso não recebesse seus supostos benefícios atrasados. Com acessórios semelhantes a dinamites, ele acabou se rendendo após negociação com policiais militares e um repórter de jornal local. De acordo com a Polícia Civil, o autor foi identificado como um técnico em refrigeração de 52 anos. Após o caso ser registrado como “exercício arbitrário das próprias razões” e “apreensão de objeto”, o cadeirante foi conduzido ao Hospital Albert Sabin.
O caso ocorreu por volta do meio-dia desta terça-feira, dia 16, na Avenida Goiás, na Vila Barcelona.
Parte da conversa com o aposentado foi filmada pelo jornalista André Ribeiro, do portal “Viva ABC”. O repórter questiona os motivos do homem para fazer aquelas ameaças etenta mantê-lo calmo, dizendo que os PMs ali presentes iriam ajudá-lo.
O cadeirante diz que sua aposentadoria teria sido liberada em 2020 e seu salárito teria sido reduzido pela metade, sem pagamento dos benefícios, que começariam a ser feitos há dois anos.
Sobre a situação do aposentado junto ao INSS, a assessoria de imprensa da instiuição informou que o direito ao benefício por Incapacidade Permanente foi concedido em 18 de fevereiro deste ano.
“Ao longo de todo esse período, porém, o segurado não ficou desassistido, pois já vinha recebendo Auxílio por Incapacidade Temporária (antigo auxílio-doença)”, afirmou o INSS.
A corporação afirmou que o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foi acionado para conter a situação, contando com apoio do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil.
Ao todo, seis simulacros de dinamite, cinco fios e um detector foram apreendidos. Foi solicitada perícia ao Instituto de Criminalística (IC). O caso foi encaminhado para a Delegacia de São Caetano do Sul.

O que diz o INSS
Procurado pelo EXTRA, o INSS disse que “o segurado que invadiu a unidade havia sido impedido de entrar por não ter atendimento agendado”.
“Desde a reabertura das agências, em setembro, o INSS só atende mediante agendamento, a fim de respeitar os protocolos de segurança sanitária. Esse protocolo foi reforçado com a entrada do estado na fase emergencial do Plano São Paulo”, explicou.

Leia o restante do posicionamento da instiuição:
“Diante da ameaça de acionamento de explosivos por parte do segurado, a gerência da unidade chamou a polícia imediatamente, que atendeu prontamente e passou a negociar a rendição do segurado, que ameaçava a vida de servidores e demais segurados que estavam no local.
Sobre o benefício, a Perícia Médica Federal sugeriu a concessão de Aposentadoria por Incapacidade Permanente em janeiro de 2020. O segurado passou por exame pericial, confirmando o direito ao benefício, que foi concedido em 18 de fevereiro de 2021. Ao longo de todo esse período, porém, o segurado não ficou desassistido, pois já vinha recebendo Auxílio por Incapacidade Temporária (antigo auxílio-doença).
Os valores da aposentadoria estão disponíveis para saque no banco desde o dia 26 de fevereiro.
Acrescentamos que os segurados que deixaram de ser atendidos na unidade hoje já tiveram o atendimento reagendado para a próxima sexta-feira (19)”.

Fonte: Extra on Line

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: