Marco Aurélio nega ação do governo contra restrições de estados

Na tarde desta terça-feira (23), o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou ação do governo federal contra estados que adotaram medidas de restrição na Bahia, Rio Grande do Sul e Distrito Federal.
De acordo com o ‘Estadão’, a ação movida por Bolsonaro também pedia que o STF reconheça que o fechamento de serviços não essenciais não pode ser determinado por decretos – sendo necessária lei específica que passe pelas Assembleias Legislativas.
A ação, elaborada pelo próprio presidente, não tinha a assinatura da Advocacia Geral da União (AGU), que costuma representar judicialmente os interesses do Planalto. A situação, nos bastidores, acabou chamando atenção, indicando que o Ministro José Levi Mello do Amaral Júnior, da AGU, estaria em desacordo com o presidente sobre o assunto. Juristas já apontavam para a derrubada da ação de Bolsonaro.

Do Notícias ao Minuto

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: