seg. out 18th, 2021

Governadores pedem a Congresso auxílio emergencial de R$ 600 com os mesmos critérios de 2020

Governadores de 16 estados divulgaram carta para pressionar o Congresso a aumentar o valor do auxílio emergencial para R$ 600, como no ano passado. Segundo o grupo, o momento atual da pandemia exige que o Poder Público garanta a segurança de renda à população associada às medidas de distanciamento social.
“Temos o cenário dramático de quase 300 mil vidas perdidas. Diariamente, vemos recorde de mortes, lotação de leitos hospitalares, ameaça de falta de medicamentos e esgotamento das equipes de saúde. O calendário nacional de vacinação e a obtenção de novas doses de imunizantes contra a Covid-19 estão mais lentas do que as respostas que precisamos para reverter esse quadro. Agir contra esse cenário requer medidas sanitárias e garantia de uma renda emergencial”, destacam os governadores, na nota.
“Por isso, solicitamos ao Congresso Nacional que disponibilize os recursos necessários para o Auxílio Emergencial em níveis que superem os valores noticiados de R$ 150,00, R$ 250,00 e R$ 375,00”, dizem, na nota. “Neste momento, defendemos auxílio emergencial de R$ 600,00, com os mesmos critérios de acesso de 2020”, completam.
Os governadores dizem entender a importância da responsabilidade fiscal, mas consideram o aumento dos gastos como um “esforço extraordinário e temporário”. “Logo à frente precisaremos voltar a uma trajetória de ajustamento fiscal que compatibilize os necessários programas sociais com um financiamento responsável dos mesmos”, destacam.
Entre os governadores que assinam a carta, há representantes de todas as regiões do país, como João Doria, de São Paulo; Welligton Dias, do Piauí; e Ratinho Junior, do Paraná.

Fonte: Extra on Line

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: