sex. set 17th, 2021

Perto de completar 3 meses, desaparecimento dos meninos de Belford Roxo permanece sem solução

O desaparecimento dos meninos Fernando Henrique, 11 anos, Alexandre da Silva, 10, e Lucas Matheus, 8, em Belford Roxo, Baixada Fluminense, está prestes a completar três meses sem solução. No dia 11 de março, o Ministério Público encontrou uma imagem dos três andando na rua Malopia pouco antes de sumirem.
Em nota, a Polícia Civil afirmou que a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) já ouviu familiares e testemunhas do caso, além de terem feito buscas em mais de 40 lugares em que surgiram notícias de que eles foram vistos em bairros da capital do Rio, Nova Iguaçu, Duque de Caxias e em Belford Roxo. Material genético dos familiares também foram coletados para armazenamento em banco de dados e análise de DNA.
Investigadores da Polícia Civil trabalham com a hipótese de que as crianças tenham sido capturadas por traficantes dessa região do município . As imagens dos meninos andando na rua Malopia foi obtida pela DHBF. Contudo, os policiais afirmaram que não encontraram a parte do vídeo em que os meninos aparecem.
Pouco tempo depois, o MPRJ pediu acesso ao material e encontrou o trecho em que eles aparecem andando. Até o momento, essa foi a única pista divulgada pelas autoridades.

Desaparecimento
Segundo relatos das famílias, Alexandre, Lucas e Fernando estavam brincando em um campo de futebol perto da casa deles, em Jardim Dimas Filho, em Belford Roxo, e depois foram tomar café na casa de Alexandre.
Amigos próximos afirmam que, depois do lanche, os três avisaram que estavam indo para a Feira de Areia Branca, que fica a cerca de 2 km do local, e desapareceram. Em seguida, os parentes procuraram as crianças por diferentes locais, como hospitais, IML e delegacias, mas não houve sinal dos meninos.

Fonte: O Dia

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: