sáb. jul 31st, 2021

Canarinhos lançam nesta terça documentário sobre seus quase 80 anos de história

Foram recolhidos depoimentos de um ex-canarinho por década: da fundação do Instituto, nos anos 40, até os dias de hoje


Acostumado a contar histórias através da música, chegou a vez do Instituto dos Meninos Cantores de Petrópolis ter a própria trajetória contada. Graças à Lei Aldir Blanc, o coro de meninos mais antigo do Brasil vai levar às telas sua história de sucesso que atravessa gerações no curta-metragem “Canarinhos de Petrópolis – Tradição e Contemporaneidade”. A produção estreia nesta terça-feira (30), às 19 horas, nas páginas do IMCP.
“Canarinhos de Petrópolis – Tradição e Contemporaneidade” foi um dos projetos contemplados pelo Edital de Chamada Pública Simplificada Nº 03/2020, na Lei Aldir Blanc, realizado pela Prefeitura Municipal de Petrópolis e pelo Instituto Municipal de Cultura e Esportes, em parceria com a Secretaria Especial de Cultura, o Ministério do Turismo e o Governo Federal.
Como o nome do documentário bem aponta, os Canarinhos foram capazes de se adaptar à modernidade, sem perder sua essência e a tradição que os move. Foram cerca de dois meses de produção do curta-metragem em que foram reunidas imagens de arquivo, registros de apresentações e depoimentos de coralistas, ex-coralistas e famílias que acompanharam de perto o que é fazer parte do Instituto.
De acordo com o Frei Marcos Antônio de Andrade, um dos aspectos mais interessantes sobre o projeto foi a possibilidade de reunir depoimentos de um ex-canarinho por década: da fundação do Instituto, nos anos 40, até os dias de hoje. “Vamos comemorar 80 anos de Canarinhos em 2022, então a ideia foi recolher depoimentos que traduzissem esses 80 anos de história na música, educação e formação dos coralistas”, diz o diretor.
Parte do cenário cultural local, nacional e internacional, o Coral dos Canarinhos de Petrópolis já formou milhares de jovens desde que foi fundado. Com uma discografia de 18 álbuns e apresentações por diversas cidades do Brasil, Estados Unidos, Alemanha, Áustria, República Tcheca, Itália, Venezuela e Argentina, o IMCP é motivo de orgulho para Petrópolis e quem nela habita.
Tendo iniciado suas atividades em 1942, com a criação do coro junto à Escola Gratuita São José, os Canarinhos trilharam um caminho de sucesso e conquistas, sem abandonar suas raízes que, inclusive, terão lugar no curta-metragem. “Por muitos anos os meninos saíam da Escola Gratuita São José e eram levados de kombi para as aulas de música na Santos Dumont. E esse vai ser um dos trajetos que vamos refazer no curta”, adianta Frei Marcos.
O curta poderá ser acessado nesta terça-feira (30), a partir das 19 horas, no Facebook e YouTube tanto dos Canarinhos, quanto da TV Franciscanos.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: