Após cirurgia plástica, jovem de 27 anos sofre parada cardíaca e morre

Nesta quarta-feira, uma jovem morreu após uma cirurgia de lipoaspiração, em Cuiabá, no Mato Grosso. Eliza da Silva, de 27 anos, sofreu uma parada cardíaca durante a madrugada depois de apresentar um bom quadro de recuperação. Segundo o médico responsável pela cirurgia, Alexandre Veloso, todos os procedimentos recomendados foram feitos antes do procedimento e nenhum exame apresentava quaisquer riscos.
O procedimento aconteceu entre 8h e 14h desta terça-feira. Na ocasião, a vendedora passou por uma lipoescultura com enxerto de gordura em glúteo, abdominoplastia e correção de uma cicatriz na mama, decorrente de um procedimento realizado com outro médico.
Após apresentar bons sinais de recuperação, por volta das 19h, a jovem começou a se queixar de falta de ar e foi atendida pelo médico de plantão no hospital, que solicitou novos exames e novamente se deparou com resultados normais. Às 20h, Alexandre Veloso esteve com Eliza e relata que ela não estava mais com falta de ar, além de apresentar sinais vitais estáveis.
Posteriormente, por volta de meia-noite, a jovem apresentou uma instabilidade, sofreu uma parada cardíaca e faleceu, antes mesmo de ser transferida para uma Unidade de Terapia Intensiva, como tentou o médico.
Em nota, a assessoria jurídica de Alexandre Veloso lamentou a perda da paciente e disse que “se coloca à disposição da família, da mídia e protocolos legais na certeza de que cumpriram todos os protocolos de segurança e saúde”.

Fonte: O Dia

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: