sex. nov 26th, 2021

Diocese lamenta morte de Padre Carlos Veraldo, Pároco de São Sebastião no Carangola

Depois de ficar por cerca de oito dias internado no Hospital Unimed, Padre Carlos Veraldo Pereira, 57 anos, Pároco de São Sebastião no Carangola, Petrópolis, morreu devido a complicações do Covid-19. O bispo da Diocese de Petrópolis, Dom Gregório Paixão, OSB, lamentou a morte do Padre Veraldo, afirmando que ele era um sacerdote dedicado e sempre atendo as necessidades do povo.
O sepultamento do Padre Carlos Veraldo acontece amanhã e vai seguir todos os protocolos sanitários, conforme orientação das autoridades de saúde. Não vai ter velório e o sepultamento será acompanhado, seguindo os protocolos, apenas pelo bispo diocesano, alguns sacerdotes e familiares. Ele é o primeiro sacerdote da Diocese de Petrópolis a morrer vítima do Covid-19. Outros padres tiveram o vírus e ainda estão em recuperação e outros estão totalmente curados, assim como Dom Gregório Paixão
Padre Carlos Veraldo nasceu em 28 de agosto de 1963, em Santana do Deserto, Minas Gerais. Com o desejo de ser sacerdote entrou para o Seminário Diocesano Nossa Senhora do Amor Divino, onde cursou o ensino médio e, após conclusão, deu início aos estudos de Filosofia e Teologia. A sua ordenação sacerdotal aconteceu em 10 de dezembro de 2000, na Catedral São Pedro de Alcântara.
Durante o seu ministério sacerdotal, Padre Veraldo ficou conhecido como um padre acolhedor e simples, porém, firme no testemunho de Cristo. Como padre iniciou seu ministério na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Raiz da Serra como Vigário Paroquial. O mesmo cargo exerceu na Paróquia Nossa Senhora da Ajuda, em Guapimirim.
Como Vigário Paroquial de Guapimirim, contribuiu muito para formação e criação da Paróquia Nossa Senhora Aparecida em Parada Modelo, neste município. Ao ser transferido para Paróquia Nossa Senhora da Conceição em Venda Nova, Teresópolis, assumiu o cargo de Pároco no dia 21 de janeiro de 2009, ficando nesta comunidade até sua transferência para a Paróquia São Sebastião do Carangola, em Petrópolis, onde assumiu o cargo de Pároco no dia 16 de março de 2019.
Em todas as comunidades por onde passou, desde o tempo de seminário, o seu carisma sempre foi a simplicidade e o seguimento de Cristo. As dificuldades nunca foram empecilho para que, como sacerdote, testemunhasse o amor de Jesus Cristo entre os irmãos. Mesmo diante da pandemia causada pelo Covid-19 e com as recomendações para tomar cuidado, nunca deixou de assistir os carentes e de levar Cristo aos irmãos.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: