seg. out 18th, 2021

Homem é condenado pela Justiça após insultar a filha do chef Henrique Fogaça

Um ativista da causa animal foi condenado pelo Tribunal de Justiça de SP após ofender a filha do jurado do MasterChef Henrique fogaça. O homem, que não teve a identidade revelada, disse que o chef deveria “esfolar” a filha, portadora de necessidades especiais, ao invés de ferver animais vivos. O caso aconteceu em 2014, quando o ativista assistia na televisão uma prova que envolvia o preparo de caranguejos.
O homem perdeu o processo na primeira instância e foi condenado a 1 ano, 11 meses e 10 dias de reclusão. No entanto, a pena foi trocada por prestação de serviços à comunidade e o pagamento de um salário mínimo, além de uma multa de R$ 3.690. O ativista pode recorrer.
Na tentativa de se defender, o internauta afirmou que não teve a intenção de ofender a filha de Fogaça e que comparou a menina com animais no intuito de “destacar que esses seres também têm consciência e sentimentos”. Ele alegou, ainda, que fez isso por conhecer a “capacidade elevada dos animais”.
O chef, compartilhou o caso em suas redes sociais, em 2018, chamando o acusado de “covarde”. Ele disse também que o objetivo da publicação era incentivar as pessoas para que não fiquem caladas.

Fonte: O Dia

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: