sáb. set 18th, 2021

‘Humilhante para o ser humano’, diz delegado sobre criança autista mantida em canil na Baixada

O delegado José Mário Salomão, da 54ª DP (Belford Roxo), classificou como estarrecedora a condição do menino autista mantido em um canil pela mãe e avó, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. A vítima, de 8 anos, foi resgatada nesta terça-feira, em ação conjunta da Polícia Civil com o Conselho Tutelar.
“A criança era mantida em um cercadinho de madeira, uma coisa bem suja, bem pequena. E ela era mantida o dia todo lá. Segundo a denuncia dos moradores, as mulheres (mãe e avó) mantinham o garoto preso dentro do canil para evitar que ele fugisse enquanto as duas não estivessem em casa. Uma situação bem constrangedora, triste e humilhante para o ser humano”, comentou o titular da 54ª DP.
Segundo ele, a operação para resgatar o menino e prender as responsáveis foi cercada de cuidados, já que a residência onde o crime vinha sendo cometido ficava no interior de uma comunidade do Machado, área comandada pelo Comando Vermelho. “A casa ficava no miolo da comunidade, bem perto do covil dos traficantes, então precisávamos ter inteligência para evitar ao máximo o efeito colateral”, contou.
Ainda de acordo com Salomão, as autoridades temiam que as duas mulheres presas pudessem retornar para a comunidade e sofrer retaliações do tráfico, como o linchamento ou o julgamento no tribunal dos criminosos. “Isso era mais uma preocupação dentro do plano estratégico de resgate”, explicou.

Fonte: O Dia

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: