qui. out 21st, 2021

Eis a nova Fiat Toro 2022, uma picape turbo imbatível

A Fiat apresentou nesta quarta (22) a nova picape Toro 2022. O veículo passou por seu primeiro facelift e ficou ainda mais forte para enfrentar a concorrência que está chegando. A principal novidade da nova Toro 2022 é a introdução do motor 1.3 turbo flex de 185 cv de potência máxima. O novo motor de 4 cilindros é fabricado em Betim (MG) e servirá a modelos de quatro marcas da Stellantis (Fiat, Jeep, Peugeot e Citroën).
Além do motor mais potente, a nova Fiat Toro 2022 traz modificações no visual, adotando duas frentes distintas para melhor a caracterização das versões. Uma das opções é a grade contornada por uma grossa moldura preta ou cromada. Assim, a Toro ganhou alguma similaridade visual com as picapes Ram 1500 e 2500. O interior também traz grandes modificações, com novo painel de instrumentos, nova central multimídia e maior capacidade de volume nos porta-objetos.

Embora seja líder imbatível da categoria C-Pick-up, com 85% de participação no mercado, a Fiat Toro muda para se precaver contra o ataque das novas picapes que estão chegando, como Chevrolet Montana (baseada no SUV Tracker), Ford Maverick (inédita), Volkswagen Tarok (baseada no T-Cross) e Hyundai Santa Cruz (inédita). Quem poderá batê-la? Talvez nenhuma, pelo que a Fiat mostrou neste facelift da Toro.
Visualmente, a nova Fiat Toro 2022 traz modificações externas no capô (que ficou mais musculoso), na grade e no para-choque. A picape passa a utilizar o novo logotipo script da Fiat. Explicando o novo conjunto óptico, o designer Peter Fasbinder, criador da picape, disse que “o olho do Toro muda a cor na função de luz de direção”. Os novos faróis têm 30% a mais de eficiência no fluxo luminoso. Um novo skid plate foi adotado para deixar o ângulo de ataque mais inclinado.
No interior, tudo foi feito em torno da nova central multimídia. O display central agora é vertical, como o da picape Ram 1500, com 10” nas versões superiores e 8,4” nas inferiores. A nova Fiat Toro é o primeiro veículo do mundo a adotar Apple CarPlay full screen no formato vertical. Segundo Fassbender, o formato vertical não tira a atenção do motorista em relação ao antigo display, que era horizontal. A nova Toro 2022 deu um salto impressionante na questão da conectividade. Através da plataforma Fiat Connect, é possível interagir com o veículo por meio do smartphone, da assistente virtual Alexa ou do smart watch.

Mesmo que o cliente esteja na China e o carro no Brasil, é possível fazer operações remotas (liga/desliga), acessar informações ou localizar o veículo. Basta dizer: “Alexa, peça ao Fiat Toro para ligar o motor”. Ou: “Alexa, peça ao Fiat Toro a informação sobre o nível de combustível”. O sistema funciona por meio de uma conexão 4G Wi-Fi Hotspot, que permite o pareamento de cinco celulares e tem proteção wireless, tornando mais difícil a perda de conexão. A nova Toro tem duas conexões bluetooth e permite cinco diferentes perfis de usuários. As entradas USB são do tipo A (convencional) ou C (pequena).
O painel de instrumentos, totalmente digital em TFT de 7”, ganhou novo grafismo, aprimorado, com cinco modos de visualização: Pulse (tradicional), Precision (com econômetro), Minimal (minimalista), Sport (esportivo) e 4×4 (off-road). O novo quadro de instrumentos foi desenvolvido pela Stellantis em Betim. Isso permitiu à Fiat escolher os itens mais utilizados pelos motoristas da Toro.
Os bancos ganharam materiais mais sofisticados. Também houve aumento de 26 litros na capacidade total dos porta-objetos. Os painéis de portas também são novos, bem como os comandos do ar-condicionado digital.
O novo motor GSE de 1332 cm3 de cilindrada utiliza o conceito de downsizing. Graças ao turbocompressor e aos sistemas GDI e MultiAir, o motor tem menor consumo, menor emissão de gás carbônico e melhor performance na entrega de potência e torque. São 180 cv com gasolina e 185 cv com etanol, ambas a 5.750 rpm. O torque é de 270 Nm entre 1.750 e 4.000 rpm com qualquer combustível. O câmbio é automático de 6 marchas.
A nova Toro também ganhou um novo tuning de suspensão e melhorou em 5% o diâmetro de giro, um dos grandes problemas da picape, que sofre em algumas manobras de 180% dentro de estacionamentos. Ainda precisamos avaliar a Toro 2022 para saber até que ponto esses 5% melhoraram a situação. A suspensão traseira multilink com geometria especial para cargas (até 1.000 kg no total) continua sendo um item forte da picape.

Fonte: O Dia

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: