Ambientalistas de Nova Iguaçu visitam Petrópolis em busca de experiências e intercâmbio no segmento

Representantes da Secretaria de Meio Ambiente do município de Nova Iguaçu estiveram em Petrópolis nesta quinta-feira (03/06), em busca de informações sobre a gestão ambiental dos parques e unidades de conservação situadas nos limites territoriais da cidade. Eles foram recebidos pelo Secretário de Meio Ambiente, Edmardo Campbell, no Parque Natural Municipal de Petrópolis, na Avenida Ipiranga, onde fizeram um visita técnica pelas instações e trilhas do equipamento.
O parque foi recentemente reformado, tendo recebido uma série de melhorias no pórtico de entrada, pintura das salas de apoio para aos servidores e à Guarda Civil Municipal, assim como limpeza dos caminhos, trilhas e praças. “O mais importante é que hoje temos um espaço que atende ao público com conforto, e oferece opções de atividades esportivas e de lazer para pessoas de todas as idades”, ressalta o prefeito interino Hingo Hammes, destacando a importância da troca de experiências entre os municípios.
“Esse intercâmbio é muito importante para as duas cidades. Eles vieram aqui conhecer um pouco do nosso trabalho, que vem conquistando resultados muito positivos nesses primeiros cinco meses, e em contrapartida, nós ficamos também entendendo um pouco da gestão ambiental de Nova Iguaçu, um cidade com um população três vezes maior que a nossa”, destacou o Secretário, que falou também das parcerias privadas que tem sido feitas no munícipio, buscando soluções para os projetos implementados por empresas e a obtenção, por meio de compensações, de recursos para a área do meio ambiente, o que tem chamado a atenção de outros municípios do estado.
A comissão de ambientalistas da Baixada Fluminense que veio a Petrópolis era formada por José Arnaldo dos Anjos de Oliveira, Superintendente de Meio Ambiente; Edgar Martins, Diretor Técnico e Chefe do Parque Natural Municipal de Nova Iguaçu; Marcela Diniz, coordenadora de gestão das Áreas Protegidas e Biodiversidade; e Karla Romeiro, Assessora da Coordenação de Gestao Ambiental.
O superintendente de Meio Ambiente de Nova Iguaçu elogiou o trabalho realizado em Petrópolis. “Realmente este espaço é um modelo de unidade de conservação em todos os seus aspectos, muito bem conservado com suas trilhas, jardinagem e essa iniciativa pioneira de fazer o mapeamento do público visitante através do sistema de QR Code instalado na entrada”, disse José Arnaldo, referindo-se ao Parque Natural de Petrópolis.
A visita foi acompanhada pelo coordenador do equipamento, Anderson Maverick, que mostrou todo o espaço público aos ambientalistas, apresentando as placas indicativas com a presença dos pássaros e de bromélias que habitam o espaço, os conceitos de navegação, com mapas e bússolas que orientam o percurso pelas trilhas acessíveis e autorizadas da unidade de conservação.
O parque conta com área de 16,7 hectares com estágio avançado de Mata Atlântica. O local oferece um amplo espaço de ar puro, tranquilidade, com mesas e bancos disponíveis para refeições e outras atividades. O local está registrado no Cadastro Nacional de Unidades de Conservação do Ministério do Meio Ambiente e está inserido na APA-Petrópolis e na Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. O horário de funcionamento do espaço é de segunda a domingo, de 8h30 às 17h30. O acesso do público está sendo autorizado após aferição de temperatura, sendo exigido o uso de máscaras em suas dependências.
A visita dos iguaçuanos a Petrópolis durou quase o dia inteiro. Após conhecerem o Parque Natural, o secretário Edmardo Campbell acompanhou a comissão até a sede do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, no Bomfim. Nesta comunidade, eles puderam conhecer um pouco do Programa de Revitalização de Políticas Públicas das Áreas Rurais, onde foram instaladas fossas sépticas, além de filtros para o tratamento de esgoto, em uma parceria da prefeitura com o Inea, Ministério Público e Comitê Bacias do Piabanha.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: