Juízes levam à Comdep proposta de parceria para inclusão de adolescentes em

vulnerabilidade social no Jovem Aprendiz

Jovens em vulnerabilidade social, acolhidos em instituições ou em conflito com a lei poderão ser beneficiados através do Programa Jovem Aprendiz, por meio de uma proposta apresentada na manhã desta quinta-feira (10), pelos juízes José Cláudio de Macedo e Alexandre Teixeira de Souza, da Vara da Infância e Juventude ao presidente da companhia, Leonardo Fernandes e ao prefeito interino Hingo Hammes.
“Fortalecer o papel social da companhia é o nosso objetivo. Por meio dessa proposta estaremos dando oportunidades para que esses jovens sejam inseridos no mercado trabalho e tenham a chance de mudar suas vidas”, disse Hingo Hammes.
O presidente da Comdep destacou a importância do envolvimento do poder público na questão. “Acredito que tanto o poder público, quanto as empresas privadas tem esse dever. Agora, vamos analisar a proposta para podermos alinhar a forma de aderi-lo”, disse o presidente da companhia.
A idéia surgiu depois de uma conversa entre os dois juízes que decidiram leva-la a companhia. De acordo com o juiz José Cláudio de Macedo, titular da Vara da Infância e Juventude, Petrópolis será o primeiro município do interior do Estado a participar da ação.
“Essa ideia pode mudar o presente e o futuro de muitos jovens. A intenção é gerar oportunidades e prepara-los para o mercado de trabalho”, frisa. “A expectativa é de que a iniciativa estimule juízes de outras comarcas a seguirem o exemplo“, complementa o juiz Alexandre Teixeira de Souza.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: