Freixo anuncia saída do Psol e pré-candidatura ao Governo do Rio pelo PSB

O deputado federal Marcelo Freixo anunciou, nesta sexta-feira, sua saída do Psol, partido em que era filiado desde 2005. O parlamentar disse que a decisão foi “longamente amadurecida” e que seguirá compartilhando os mesmo ideais do antigo partido. Freixo deve se filiar no fim do mês ao PSB, junto com o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB). O parlamentar diz que quer construir uma frente ampla, incluindo o centro, para disputar o governo do Estado.
Em entrevista à revista Veja, o deputado revelou que equipe de campanha incluirá o ex-ministro da Defesa do governo Temer Raul Jungmann para o programa de Segurança. A economista Laura Carvalho e André Lara Resende, que integrou o governo FHC, trabalham no plano de recuperação econômica do estado.
Pelo Psol, Freixo se elegeu deputado estadual e se candidatou a prefeito do Rio por duas vezes. “Hoje, encerro esse ciclo com a certeza de que apesar de não estarmos juntos daqui para a frente no mesmo partido seguiremos na mesma trincheira de defesa da vida, da democracia e dos direitos do povo brasileiro”, disse em sua publicação.
Em uma live transmitida no início da tarde, Freixo disse que espera que o Psol componha a frente ampla que está costurando. Ele diz que está se colocando como pré-candidato ao governo do Rio, mas que pode apoiar outro nome caso outra candidatura do campo progressista se demonstre mais viável para ganhar a eleição.
Desde abril Freixo fala que quer construir uma aliança ampla progressista no Rio, incluindo diálogos com nomes do Centro, como Rodrigo Maia, mas não houve apoio por parte do Psol. Nesta quinta-feira (10), o deputado esteve em reunião do ex-presidente Lula com os deputados federais Alessandro Molon (PSB) e Jandira Feghali (PCdoB), e nomes ligados à esquerda no Rio.

Fonte: O Dia

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: