qui. jul 29th, 2021

CPTrans capacita policiais militares para atuarem em ações de apoio aos agentes de trânsito

Os militares serão incorporados ao trabalho diário da companhia através do Programa de Integração na Segurança, onde os PMs trabalham voluntariamente nos dias de folga.
A Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes – CPTrans vai ganhar um reforço nas ações de fiscalização. Entre hoje (23) e a próxima quarta-feira (30) 184 policiais militares, de Petrópolis e cidades vizinhas, serão capacitados para atuar junto aos agentes de trânsito nas blitzes e nas remoções de veículos estacionados de forma irregular. Os militares serão incorporados ao trabalho diário da companhia por meio do Programa de Integração na Segurança – PROEIS, que permite que PMs trabalhem voluntariamente nos dias de folga.
“É um reforço importante, que dá segurança para o nosso agente de trânsito para que ele possa atuar, fazendo a remoção dos veículos que estão estacionados de forma irregular e que atrapalham o acesso do ônibus, do caminhão da coleta de lixo, da ambulância, prejudicando a população. Antes, esses policiais estavam dando suporte ao trabalho da CPTrans nas barreiras sanitárias”, ressalta o diretor-presidente da CPTrans, Luciano Moreira.
Ao longo dos próximos dias, os militares – a maior parte deles integrantes do 26º Batalhão da Polícia Militar – BPM (Petrópolis) e do 38º BPM (Três Rios e Paraíba do Sul) vão ter atualização sobre as mudanças sofridas no Código Brasileiro de Trânsito – CTB e sobre a dinâmica operacional da CPTrans. “Eles darão suporte às ações dos agentes de trânsito. Mas, cabe lembrar também que a lei 9.293, que foi sancionada pelo governo do Estado em maio, autoriza a Polícia Militar a fazer a remoção de veículos”, lembra o gerente de trânsito da CPTrans, Luiz Carlos Ferreira.
Além da remoção, a lei sancionada pelo governador Cláudio Castro ainda dá aos militares a prerrogativa de fazer blitz de segurança pública em qualquer tipo de veículo de transporte, inclusive motocicletas, motonetas e ciclomotores e ainda permite à polícia apreender os veículos na falta de comprovação de propriedade e de emplacamento. No entanto, a PMERJ não pode realizar blitzes para inspeção veicular, prerrogativa exclusiva dos agentes do Departamento de Trânsito do Estado do Rio de Janeiro – Detran-RJ.
As aulas acontecem em parceria com a Polícia Rodoviária Federal, na sede da delegacia da PRF / Três Rios, que fica no km 47 da BR-040 sentido Rio de Janeiro . “Essa formação é também uma integração do trabalho entre as forças de segurança e de fiscalização de trânsito. Uma troca de experiências que é importante para coordenar as ações conjuntas no futuro”, destaca o chefe da DPRF Três Rios, Halley Martins.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: