ter. out 19th, 2021

Polícia investiga suposto estupro em boate de Cabo Frio onde deputado é sócio


Uma mulher acusa de estupro funcionários do Buda Beach, em Cabo Frio, na Região dos Lagos, boate cujos sócios são o deputado estadual Filippe Poubel (PSL) e um policial militar que se apresenta como ‘Capitão Diogo’. O estupro teria ocorrido em maio, durante um evento no estabelecimento. A Polícia Civil investiga o caso.
Em relato ao ‘RJ2’, da TV Globo, a mulher contou que tomou drinks alcóolicos e foi para o segundo andar da boate. “Eu tinha uma ideia que o segundo andar era tipo uma espécie de área VIP, camarote, algo assim que me chamaram, não lembro realmente como fui parar lá. Lembro quando uma amiga chegou lá em cima tentou me acordar, não consegui e vi um vulto, um deles estava de uniforme”, disse ela. O estupro teria ocorrido nesse espaço.
Um amigo da mulher que denunciou o estupro afirmou ter sido agredido pelos seguranças da boate ao tentar buscar ajuda à amiga. O homem diz que o próprio deputado, que estava no local, chegou a gritar ofensas homofóbicas “Tinha cerca de sete seguranças ali dele (Filippe Poubel) mesmo, eles me seguraram, tentando me agredir, me deram como se fosse um mata-leão. Estavam o tempo todo usando palavras de injúria e homofobia. E ele gritava, dava pra ouvir perfeitamente”, contou ao ‘RJ2’.

Fonte: O Dia

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: