qui. jul 29th, 2021

MPRJ cumpre buscas em investigação que apura desvio de dinheiro em hospital de Corrêas

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ), cumpre, nesta quinta-feira (08/07), dois mandados de busca e apreensão no âmbito de investigação que apura crimes de estelionato, apropriação indébita, além de possível corrupção e lavagem de dinheiro. Os mandados foram expedidos pela 1ª Vara Especializada da Capital.
A investigação apura denúncia de que Alexandre Gonçalves Pessurno, então sócio do Hospital Clínico de Corrêas (HCC), no Município de Petrópolis, teria desviado mais de R$ 3 milhões do HCC para o Hospital Nossa Senhora Aparecida (HNSA), administrado por seu filho. Ele também teria feito remessas indevidas de alimentos e utilizado a estrutura do HCC para lavar roupas hospitalares do HNSA e da Casa de Saúde Santa Mônica (CSSM), além de ter utilizado recursos do HCC para pagamento de salários de funcionário desses dois hospitais, ambos localizados em Petrópolis.
Durante a investigação, equipes de polícia da 106ª DP constataram veículos saindo do HCC e desembarcando com volumes em sacos plásticos grandes e pretos, bem como com embalagens de “quentinhas”. Segundo o MPRJ, a atitude, devidamente gravada, seria a evidência de que o HCC estaria suprindo interesses pessoais de Alexandre sem a devida contraprestação.
Diante de novas informações apuradas, as buscas desta quinta-feira têm o objetivo de reunir novas provas para a continuidade das investigações.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: