qui. jul 29th, 2021

Denúncia do Linha Verde fecha serralheria irregular em Paty do Alferes

Uma serralheria que funcionava sem as licenças ambientais necessárias foi identificada nesta quarta-feira (14) em Paty do Alferes, após policiais terem ido averiguar denúncias encaminhadas pelo programa Linha Verde, do Disque Denúncia (0300 253 1177) na qual mencionava uma atividade potencialmente poluidora por parte da serralheria, que estaria dentro de uma área de preservação permanente.
Quando os agentes da 2ª UPAm chegaram à Alameda Central, no bairro Palmares, constataram a veracidade da denúncia, encontrando a serralheria em operação às margens de um curso de água que faz parte da Área de Proteção Ambiental (APA) Palmares. Ainda de acordo com a equipe da Unidade de Policiamento Ambiental do Parque Estadual da Serra da Concórdia, foi verificado que a atividade vinha degradando uma área ambiental de 50 metros quadrados, e, quando o responsável informou não possuir as licenças ambientais necessárias, foi explicado que o fato se enquadraria no artigo 60 da lei de crimes contra o meio ambiente e por esse motivo ele seria encaminhado à 96ª DP para o registro da ocorrência. Como a denúncia citava também desmatamento, os agentes informaram que, durante a fiscalização, o responsável apresentou a documentação para o corte das árvores.
O Linha Verde reforça a solicitação para que a população continue denunciando crimes ambientais em todo o Estado do Rio através dos telefones 0300 253 1177 (custo de ligação local) e (21) 2253 1177, além do APP “Disque Denúncia RJ” disponível para celulares. Por essa modalidade, o denunciante pode enviar fotos e vídeos, com a garantia do anonimato. É possível denunciar também através da página do Linha Verde no facebook, www.facebook.com/linhaverdedd ou ainda pelo site do Disque Denúncia (www.disquedenuncia.org.br). Lembrando que em todos os canais, o anonimato é garantido ao denunciante.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: