seg. maio 16th, 2022

Vereadores aprovam por unanimidade projeto de municipalização de trecho da BR-040 para ligação Bingen-Quitandinha

Municipalização pode abrir caminho para que município tire do papel projeto para criação da ligação Bingen-Quitandinha, utilizando trecho da rodovia federal entre os km 79 e 84

O prefeito Hingo Hammes e o presidente da Companhia Petropolitana de Trânsito e Transportes – CPTrans, Luciano Moreira, conseguiram, nesta segunda-feira (2) uma importante vitória na Câmara Municipal: os vereadores aprovaram, por unanimidade, projeto de lei do Executivo que autoriza a municipalização de trecho do km 79 a 84 da BR-040. A medida é um passo importante que pode viabilizar, no futuro, a tão aguardada conexão entre os bairros Bingen e Quitandinha, esperada pela população há mais de 30 anos.

A aprovação do projeto na Câmara é importante para concretizar a municipalização, já solicitada formalmente ao Ministério da Infraestrutura e ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT. Assumindo o trecho entre os quilômetros 79 e 84 da BR-040, o governo municipal pode viabilizar via pública, utilizando o trecho da BR-040, ligando os dois bairros, evitando que motoristas se desloquem até o centro. A medida vai gerar benefícios diretos na mobilidade urbana da cidade, especialmente nos horários de pico.

“A gente sabe dessa demanda da cidade, da necessidade de encontrar soluções para as questões de trânsito. A cidade cresce, o número de carros também e os gestores públicos precisam apresentar soluções. Fui à Brasília recentemente e apresentei nossa proposta ao diretor do DNIT, de municipalizar o trecho que, no futuro, será incorporado a um projeto de revitalização da rodovia. A ideia foi aceita. Agora, com a aprovação da proposta na Câmara, damos mais um importante passo”, destacou o prefeito Hingo Hammes, frisando que a nova concessão da rodovia, prevista para 2022, vai continuar incluindo o trecho. “Assim, poderão ser feitas outras melhorias, no momento em que a nova concessionária assumir o projeto completo”.

Segundo o projeto, o município passa a se comprometer com um trecho que se localiza cerca de 500 metros antes da entrada do Parque São Vicente da rodovia Washington Luiz, no km 84, e a Rodovia Intermunicipal de Petrópolis, no km 79, mediante à formalização de um termo de transferência, para administração do trecho da rodovia federal. O projeto de lei ainda autoriza ao “poder executivo a firmar termo de transferência e/ou de cooperação mútua com o DNIT, com o objetivo de implementar as ações necessárias à viabilização da municipalização do trecho”.

Segundo o diretor-presidente, o novo acesso reduzirá a distância entre os bairros. “O que o projeto trará para o motorista que se desloca do Bingen para o Quitandinha é a mesma facilidade que hoje tem quem faz o deslocamento no sentido oposto. Ou seja, realizar, em sete minutos, esse deslocamento. Reduzindo esse fluxo em direção ao Centro Histórico, conseguiremos tirar ainda o impacto sobre o tráfego não apenas nas ruas Bingen e Paulino Afonso, mas também na Montecaseros, na Roberto da Silveira, na rotatória Praça da Liberdade, Barão de Amazonas, Monsenhor Bacelar, Washington Luiz e Coronel Veiga”, disse Moreira, ressaltando que a distância entre os dois bairros, ao evitar passar pelo centro, cairia de 11,2km, para 6,9km. “Uma redução não apenas de distância, mas também de tempo. Além disso, dá a possibilidade de os motoristas que vêm de Itaipava e Pedro do Rio utilizarem a BR-040 para acessar o Quitandinha, sem precisar ir até o retorno no Belvedere, sem acessar o Bingen ou ainda sem passar pela estrada União e Indústria”.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: