sáb. set 18th, 2021

Olimpíada: COB cobrará CBF na Justiça por pódio sem agasalho de patrocinador

O pódio do futebol nos Jogos Olímpicos, com atletas descumprindo determinação expressa do Comitê Olímpico do Brasil (COB) de vestir o agasalho oficial da delegação, fornecido pela empresa chinesa Peak, terá desdobramentos jurídicos. Todos os jogadores vestiram a camiseta do time, da Nike, com o agasalho amarrado na cintura.
A medalha de ouro do futebol, um dia antes de encerrar a competição, no sábado, garantiu ao Brasil a melhor campanha da história do país em Jogos.
— O COB reconhece e valoriza a performance do Brasil na competição, um bicampeonato olímpico. Lamentamos a atitude dos atletas no pódio, lamentamos a atitude da CBF na condução do caso. Ele sai da esfera esportiva e entra na esfera jurídica e será decidido pela área jurídica do COB — declarou Jorge Bichara, diretor de Esportes do COB.
Segundo o presidente do COB, Paulo Wanderley, mesmo assim, os atletas do futebol receberão a premiação prometida pela entidade em caso de medalha. Os jogadores receberão R$ 750 mil.
— Não sabemos de onde partiu essa situação. Mas, quando viemos para cá, estabelecemos um critério e ele será mantido. Ganhou medalha, terá premiação. Se terão ou não outras consequências, só saberemos depois da nossa ação específica relacionada ao tema. — garantiu Wanderely.
O COB vai premiar pela primeira vez os medalhistas em Tóquio e pagará R$ 4,650 milhões a todos os medalhistas. Os valores variam entre R$ 100 mil a R$ 750 mil por medalha conquistada.
Nos Jogos Olímpicos, cada país tem um uniforme de pódio aprovado pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), que vale para as equipes de todas as modalidades.
Mais cedo, a entidade divulgou comunicado repudiando a atitude dos atletas:

Veja o comunicado emitido pelo COB na integra
“O Comitê Olímpico do Brasil repudia a atitude da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e dos jogadores da seleção de futebol durante a cerimônia de premiação do torneio masculino. No momento, as energias do Comitê estão totalmente voltadas para a manutenção dos trabalhos que resultaram na melhor participação brasileira na História das Olimpíadas. Por este motivo, apenas após o encerramento dos Jogos o COB tornará públicas as medidas que serão tomadas para preservar os direitos do Movimento Olímpico, dos demais atletas e dos nossos patrocinadores.”

Fonte: Extra on Line

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: