sex. maio 20th, 2022

Prefeitura anuncia início da vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades

Trabalho será iniciado com cadastramento, a partir desta quarta-feira (25), de crianças e adolescentes com transtorno do espectro autista, síndrome de down, obesidade mórbida, deficiência permanente ou portadores de sequelas neurológicas
Crianças e adolescentes de 12 a 17 anos com transtorno do espectro autista, síndrome de down, obesidade mórbida, deficiência permanente ou portadores de sequelas neurológicas começarão a ser vacinados contra a covid-19 nesta quinta-feira (26/08) em Petrópolis. O cadastramento deste público, que faz parte do grupo prioritário da campanha de imunização, será liberado a partir desta quarta-feira (25/08), no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).
A nova etapa da vacinação será iniciada após deliberação estadual, nesta terça-feira (24), autorizando o início do chamamento deste público. Cumprindo o que determina o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 e a Secretaria Estadual de Saúde, Petrópolis vai iniciar o trabalho chamando estes grupos, que estão incluídos como público prioritário e, em seguida, abrir também para crianças e adolescentes com outras comorbidades. Como Petrópolis não recebeu até o momento lotes de vacina específicos para crianças e adolescentes, a Secretaria Municipal de Saúde vai destinar, conforme orientação estadual, doses da Pfizer, que chegaram nesta semana à cidade, para iniciar a imunização deste primeiro grupo.
“Esta é mais uma etapa importante da campanha de vacinação contra a covid-19. Estamos avançando de forma responsável e organizada, utilizando o cadastro como ferramenta para uma melhor organização do trabalho. Com o cadastro, podemos garantir que todos os que comparecerem aos postos de vacinação realmente receberão sua dose”, lembrou o prefeito interino Hingo Hammes, acrescentando que, para os públicos maiores de idade, o município intensificou a busca ativa de pessoas ainda não vacinadas nas áreas de cobertura dos Postos de Saúde da Família, que terão a vacina aplicada no próprio posto de sua comunidade, em datas e horários específicos previamente comunicados pelas equipes de saúde aos moradores.
O secretário de Saúde, Aloisio Barbosa da Silva Filho, frisou a importância de as pessoas agendarem a vacinação e comparecerem aos postos para receber a dose no momento em que chegar a sua vez. “A vacina é o principal instrumento que temos contra a covid-19, junto com as medidas de prevenção, como uso de máscaras, higienização das mãos e distanciamento. Cada um de nós pode e deve fazer tudo o que estiver ao alcance para evitar a propagação do vírus. Essa é uma luta que é de todos nós”, destacou.

Número do CPF
Pais e responsáveis por crianças e adolescentes devem ficar atentos: no ato do cadastramento é preciso informar o número do CPF da pessoa a ser vacinada. O dado é exigido pelo Ministério da Saúde para inclusão da informação sobre todos os vacinados, de todas as idades, no sistema nacional, evitando fraudes ou erros que possam prejudicar a identificação dos vacinados posteriormente.
Quem não tem o CPF pode emitir o documento gratuitamente pela internet, no site da Receita Federal, no link https://www.gov.br/pt-br/servicos/inscrever-no-cpf. Basta clicar no tópico “Etapas para a realização deste serviço” e seguir o passo a passo. O link seguinte é o “inscrição de cidadão brasileiro residente no país”. O link para acesso direto ao formulário da Receita Federal é o https://servicos.receita.fazenda.gov.br/Servicos/CPF/InscricaoPublica/inscricao.asp. O número do novo CPF sai na hora.
Em caso de dúvidas é possível utilizar o Whatsapp da Saúde – assistente virtual que fornece informações sobre a vacinação, locais de atendimento a pacientes com sintomas da doença e boletins. O atendimento está disponível pelo número (24) 9.9200-1428.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: