sáb. set 18th, 2021

Covid-19: Petrópolis vai antecipar aplicação da 2ª dose da vacina AstraZeneca, começando por profissionais da Educação da rede municipal

Medida vai garantir, agora, a imunização completa de quase 2.900 profissionais que tomaram esta vacina e retornariam para completar o ciclo de imunização em setembro


Profissionais da Educação da rede municipal de ensino que tomaram a 1ª dose da vacina contra covid-19 da Oxford/AstraZeneca em Petrópolis e têm data de retorno prevista para setembro serão os primeiros a terem a 2ª dose antecipada. A redução do intervalo entre as duas doses, de 12 para 8 semanas, segue orientação do Ministério da Saúde e da Secretaria Estadual de Saúde, após deliberação do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (CONASEMS), junto com a Câmara Técnica Assessora de Imunização Covid-19 (CETAI). Planejamento da Secretaria de Saúde prevê a aplicação da segunda dose neste público na segunda (30 de agosto) e na terça-feira (31 de agosto), em cinco dos 13 pontos de vacinação, no Esporte Clube Corrêas (Corrêas), Parque Municipal (Itaipava), ao lado do ginásio da UCP (Bingen), na Casa de Portugal (Quitandinha) e no Hipershopping (Alto da Serra). Como é a 2ª dose, não é necessário fazer o agendamento. Os postos funcionam das 9h às 16h.
A orientação é que, na segunda-feira (30/08) compareçam aos postos de vacinação os profissionais que atuam com turmas que retornam às aulas presenciais (no modelo híbrido) no dia 13 de setembro – turmas do Ensino Médio e turmas do 1º, 2º e 3º ano do Ensino Fundamental I. Na terça-feira (31/08) será a vez dos demais profissionais, que têm previsão de retorno ao ensino presencial a partir de 27 de setembro. Com a medida, a Prefeitura garante que os quase 2.900 profissionais da Educação que tomaram a vacina Oxford/AstraZeneca completarão o ciclo de imunização antes do retorno das aulas, garantindo mais segurança às equipes, conforme pleito que vinha sendo apresentado desde o início do planejamento para o retorno presencial.
Após os profissionais da rede municipal de Educação, os demais profissionais de redes pública e privada também terão a 2ª dose antecipada. O calendário para este grupo será divulgado posteriormente, sempre de acordo com a disponibilidade de doses, assim como para o público em geral. “O público mais vulnerável, com profissionais de saúde, idosos e pessoas com comorbidades, já tomou ou vai tomar agora a segunda dose. Então, seguindo o cronograma de liberação da primeira dose, o público seguinte é exatamente o da Educação. Vamos começar a redução deste intervalo entre 1ª e 2ª dose pelos profissionais da rede municipal e avançar para os demais, de forma a alcançarmos todos os profissionais que atuam na área. Faremos o chamamento separadamente por públicos, para manter a organização do trabalho e evitar transtornos nos pontos de vacinação”, explicou o secretário de Saúde, Aloisio Barbosa da Silva Filho.
Neste momento, a orientação é que todos os profissionais da Educação da rede municipal que tomaram a Oxford/AstraZeneca na cidade verifiquem, em seus cartões de vacinação, a data prevista para aplicação da segunda dose. Se o retorno estiver marcado para qualquer dia do mês de setembro, eles devem comparecer, nesta segunda (30 de agosto) ou terça-feira (31 de agosto), conforme orientações, em um dos cinco postos de vacinação que aplicarão a dose antecipadamente. Não é preciso agendar – basta comparecer ao ponto mais próximo e apresentar documento pessoal, comprovante de que atua na rede (contracheque ou declaração, por exemplo) e cartão de vacina.
“Estamos seguindo o prevê o Plano Nacional de Operacionalização da Covid-19 no país. Vamos conseguir iniciar a antecipação da 2ª dose da AstraZeneca na próxima semana para uma boa parcela dos profissionais da Educação porque já temos no município remessas para que este público complete o ciclo de imunização. Estamos trabalhando para planejar toda esta operação também para os demais públicos. Queremos, o quanto antes, ver toda a população imunizada”, frisou o secretário de Saúde.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: