qua. dez 8th, 2021

Prefeitura reorganiza o serviço de coleta seletiva e amplia trabalho para o Vale das Videiras e Brejal

Recursos obtidos com a coleta de recicláveis serão reinvestidos no próprio programa, garantindo a expansão do serviço também para outras regiões da cidade

Depois de anos sem qualquer expansão, o sistema de coleta seletiva do município está sendo ampliado. Comunidades do Vale das Videiras e Brejal, na Posse, estão sendo incluídas na rota do serviço, realizado pela Prefeitura, por meio da Companhia Municipal de Desenvolvimento – Comdep. A intenção é melhorar e expandir ainda mais as ações até o fim deste ano, utilizando, para isso, recursos gerados pela própria coleta, que serão reinvestidos no programa.

“Sei o quanto a coleta seletiva é importante para qualquer município. Nosso principal desafio é conscientizar as pessoas, estimular a mudança de hábitos e, ao mesmo tempo, ampliar o serviço. A ampliação do trabalho para o Vale das Videiras e o Brejal é um passo pequeno, mas importante. Vamos continuar trabalhando para ampliar cada vez mais o serviço, até alcançarmos 100% da cidade. Sabemos que temos uma longa estrada a percorrer, mas vamos trabalhar para isso. A coleta seletiva vai contribuir para uma cidade mais limpa, com menos resíduos e maior consciência ambiental”, disse o prefeito interino Hingo Hammes.

Tanto no Brejal quanto no Vale das Videiras, os coletores vão passar, pelo menos, uma vez por semana para recolher os resíduos recicláveis nas residências de ambas as regiões. “No Brejal, a coleta vai acontecer toda segunda-feira, enquanto no Vale das Videiras, será às quintas-feiras. O serviço está sendo muito bem recebido pelos moradores, que agora não vão mais precisar sair de casa para entregar os materiais recicláveis nos ecopontos, por exemplo”, destaca Leonardo Fernandes, presidente da Comdep.

A coleta

Para garantir a ampliação do programa, a Comdep está reformulando todo o serviço. O Centro de Triagem vai mudar de endereço e todo o recurso gerado por meio dos recicláveis será reinvestido no próprio programa, assegurando a ampliação do trabalho.

Segundo Leonardo Fernandes, o município recolhe cerca de 45 toneladas de recicláveis por mês. Parte deste material fica com a companhia e a outra parte é doada, de forma igualitária, às cooperativas que trabalham com recicláveis.

“Os recursos voltarão para o próprio programa, garantindo sustentabilidade à iniciativa. Vamos trabalhar para mobilizar a população e estimular a separação do lixo. Petrópolis tem tudo para servir de exemplo neste trabalho”, garante.

Seguindo um cronograma diário, o serviço de coleta seletiva também funciona no Bingen, Mosela, Valparaíso, Morin e Alto da Serra. Nesta última região a coleta é realizada no Vila Felipe, Chácara Flora e Sargento Boening. A Prefeitura disponibiliza ainda quatro ecopontos. Eles estão localizados na Rua General Rondon, em frente a Comdep; na Rua Mosela; Parque Municipal de Petrópolis, em Itaipava e Araras, na Estrada Bernardo Coutinho, nos números 30 e 35.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: