sex. maio 20th, 2022

Ecad presta homenagem a Belchior e “Como nossos pais” é destaque do levantamento

Cantor e compositor cearense morreu em 2017 e, nesta terça-feira, completaria 75 anos de idade

Belchior foi um cantor conhecido por sua originalidade e força poética e política em suas letras. O sucesso “Como nossos pais”, eternizada na voz de Elis Regina, é uma delas. A canção foi a mais gravada por outros intérpretes até hoje e a mais tocada no Brasil de autoria do cantor e compositor cearense nos últimos 10 anos. Esses são dados de um estudo realizado pelo Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) em homenagem a Belchior, que completaria 75 anos, nesta terça-feira-, dia 26. O artista nos deixou em abril de 2017.
Cearense de Sobral, nascido em 26 de outubro de 1946, Antonio Carlos Belchior tem 218 músicas e 348 gravações cadastradas no banco de dados do Ecad. O artista teve suas músicas gravadas por vários intérpretes, mas Fagner lidera esse ranking.
Nos últimos 10 anos, a maior parte de seus rendimentos em direitos autorais pela execução pública de músicas foi proveniente dos segmentos de Rádio e TV, que corresponderam a mais de 55% do que foi destinado a ele.
É importante ressaltar que seus herdeiros continuam recebendo os direitos autorais pela execução pública de suas músicas. Esse pagamento é assegurado por 70 anos após a morte do autor (ou do último autor, em caso de parcerias), conforme determina a lei do direito autoral (9.610/98).
Os direitos autorais de Belchior, referentes à execução pública de suas músicas, são repassados aos herdeiros pela União Brasileira de Compositores (UBC), associação a qual ele é filiado na gestão coletiva.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: