dom. dez 5th, 2021

Coordenadora do CRAM alerta para aumento dos casos de violência psicológica contra as mulheres

Em um ano, aumento no número de registros no Centro de Referência em Atendimento à Mulher foi de 137%

Pela primeira vez em 10 meses, o número de registros de violência psicológica recebidos pelo Centro de Referência em Atendimento à Mulher (CRAM), superou os casos de violência física comunicados à instituição este ano. Enquanto em outubro de 2020 foram contabilizados 69 atendimentos, no mesmo período de 2021, as equipes fizeram 164 acolhimentos, o que representa um aumento de 137%.
O número é resultado, principalmente, da ampliação do acesso aos serviços do CRAM, que criou novos meios para a comunicação das vítimas de violência doméstica. Atualmente, além do espaço físico no prédio anexo ao Centro de Saúde, na Rua Santos Dumont, as mulheres contam com o Ônibus Lilás, que percorre as comunidades e com o atendimento remoto pelo telefone e whatsapp.
A violência psicológica, segundo a coordenadora do CRAM Ana Luiza Franco, está sendo identificada em mais de 60% dos atendimentos realizados pelas equipes. “A maioria das mulheres que passa ou já passou por uma situação de abuso psicológico não consegue identificar tão facilmente. É uma violência de difícil detecção, mas é capaz de causar danos muitas vezes irreversíveis a vítima”, explica.
Como forma de levar ainda mais informação para as mulheres, o CRAM estará retomando os ciclos de palestras sobre os tipos de violência doméstica a partir de novembro. “O conhecimento liberta uma mulher”, ressalta Ana Luiza. Ela destaca ainda a importância do Ônibus Lilás que, somente este ano, já percorreu mais de 40 comunidades. “Estando dentro das comunidades, conseguimos explicar os tipos de violência e disponibilizar atendimento com nossa psicóloga. O que não podemos é deixar que as mulheres normalizem a violência psicológica simplesmente porque não deixa marcas físicas”.
Os atendimentos no Centro de Referência em Atendimento à Mulher podem ser realizados ainda pelo telefone (24) 98839-7387, que também funciona como whatsapp. Nesta sexta-feira, o Ônibus Lilás estará no Castelo São Manoel, em Corrêas. Entre 9h e 13h, os atendimentos vão acontecer na Academia da Saúde e de 13h30 as 16h, serão realizados ao lado da Escola Municipal Magdalena Tagliaferro. Haverá ainda a participação do Gabinete da Cidadania, Programa Petrópolis da Paz e Coordenadoria da Juventude.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: