sáb. jul 2nd, 2022

Procon registra reclamações por fechamento de escola técnica sem aviso prévio

Após o recebimento de diversas denúncias sobre o fechamento, sem aviso prévio, o Procon realizou nessa quinta-feira (04/11) uma visita à sede de uma escola que oferta cursos profissionalizantes, no Centro da cidade. No local, a equipe encontrou o prédio fechado e sem nenhum tipo de comunicação visual explicando o fato. Como forma de alerta, o Procon solicita que os estudantes da unidade procurem o órgão para confeccionar uma reclamação formal, que pode ser encaminhada ao judiciário.

“Estamos recebendo desde quarta-feira alunos dos cursos oferecidos pela instituição reclamando que encontraram a escola de portas fechadas. A empresa foi contatada pelo Procon, mas, não retornou informando o motivo do fechamento. Fizemos uma visita e constatamos o imóvel fechado e alguns móveis do lado de fora da casa. Procuramos pelos responsáveis do curso, objetivando uma solução que, ao menos, amenize os danos causados”, explicou o coordenador do Procon Petrópolis, Jorge Francis Vidart Badia.

Ainda de acordo com o Procon, a escola técnica oferece cursos profissionalizantes em diversas áreas e, por isso, tem alunos que buscam especialização para encontrar uma melhor colocação no mercado do trabalho.

“É uma situação lamentável. Dezenas de jovens e adultos depositaram suas esperanças na empresa, buscando melhores condições no mercado e agora se encontram desamparados. Não sabem se o fechamento é temporário ou definitivo. Não têm qualquer orientação”, disse Jorge Francis Vidart Badia, esclarecendo que as instituições de ensino devem comunicar os alunos sobre fechamento temporário ou de forma definitiva com antecedência. Ele ainda alerta para os cuidados que os consumidores devem ter quando procuram esse tipo de serviço.

“Cabe alertar o cidadão para o aumento do número de cursos dessa natureza, sobretudo, nessa época em que todos buscam um emprego. Antes de se matricular em qualquer instituição, pesquise, busque o Procon para se informar sobre a procedência das empresas e sua regularidade”, finalizou.

Consumidores que quiserem denunciar o fechamento de cursos temporariamente sem aviso prévio, ou, ainda, de forma definitiva e também outras irregularidades podem agendar uma reunião presencial no Procon para relatar o caso ou tirar dúvidas. O contato também pode ser feito através dos números: 2246-8469, 2246-8471, 2246-8473, 2246-8475, 2246-8477, 2246-8470, 2246-8472, 2246-8474 e 2246-8476. O agendamento também pode ser feito pelo aplicativo ou pelo e-mail procon@petropolis.rj.gov.br. O Procon funciona na Rua Doutor Moreira da Fonseca, número 33, no Centro Histórico.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: