qui. jan 27th, 2022

Em Teresópolis, governador ressalta recuperação econômica fluminense

O governador Cláudio Castro se reuniu, nesta sexta-feira (05/11), com empresários, prefeitos e vereadores da Região Serrana e do Leste Fluminense no evento ‘Construindo um novo Estado do Rio’, em Teresópolis. Em pauta, assuntos ligados à retomada econômica do Rio de Janeiro. Estiveram presentes os representantes do MercoSerra (agência de fomento da Serra Verde Imperial) e do Conleste (consórcio formado por 16 municípios do Leste Fluminense).
“Esse diálogo com os prefeitos e com a sociedade civil é fundamental e demonstra a união de todos. Hoje, o Rio de Janeiro é o estado da federação que mais está se recuperando. Um exemplo disso é a recuperação dos 100% dos empregos perdidos na pandemia. Nosso legado é a união”, disse o governador Cláudio Castro.
Ao receber os pleitos dos empresários que integram o MercoSerra, Castro destacou o trabalho do Estado para auxiliar os empreendedores.
“É assim que temos feito na gestão: ouvimos as demandas para melhorar e incentivar ainda mais a vida do empreendedor. Sabemos que houve muito prejuízo durante a pandemia, e o Estado vem ajudando com, por exemplo, as linhas de crédito do SuperaRJ”, completou Castro.

Início das Obras no Granja Disco
Cláudio Castro lembrou que as obras anunciadas em janeiro, durante a realização do Governo Presente na Serra, estão sendo executadas, enquanto outras, segundo o governador, estão em fase de licitação, como o caso da RJ-130 (Teresópolis-Friburgo).
Já as obras da RJ-148 foram concluídas, onde foram investidos cerca de R$ 3,4 milhões na recuperação na rodovia, na altura de Sumidouro. Mais quatro rodovias estaduais que passam pela Serra – RJ-123, RJ-134, RJ-156 e RJ-151 – estão com obras em andamento.
Em Areal, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Obras vai retomar, no dia 20 de novembro, a construção de 153 moradias na Granja Disco. As intervenções, que estavam paradas desde 2016, fazem parte do programa Casa da Gente. O local receberá ainda nova pavimentação, Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) e dois reservatórios de água com capacidade para 100 metros cúbicos cada. Ao todo, serão investidos R$ 6,8 milhões.
“Uma obra que não é só para concluir as casas, mas para fazer a pavimentação do entorno e uma estação de tratamento de esgoto”, finalizou o secretário de Infraestrutura e Obras, Max Lemos.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: