sex. maio 20th, 2022

Atendimento de urgência em ortopedia volta ao HMNSE nesta terça

HAC vai ampliar cirurgias eletivas com transferência de ortopedia para o HMNSE

A liberação de nove leitos do Hospital Alcides Carneiro que desde o ano passado estavam destinados a receber pacientes atendidos no setor de emergência em ortopedia, permitirá a ampliação das cirurgias eletivas, que começaram a ser retomadas na unidade em julho deste ano. Transferidos para o HAC em 28 de março do ano passado, em função da pandemia de covid-19, os atendimentos de urgência e emergência em ortopedia retornam a partir das 7h da manhã desta terça-feira (09/11) para o Hospital Municipal Nelson de Sá Earp), no Bingen.
“Com a consolidação da queda na demanda por internações de pacientes com covid-19, a Secretaria de Saúde vem reorganizando a rede para que possamos avançar no atendimento a outras demandas que ficaram acumuladas em função da pandemia, quando as cirurgias eletivas, por exemplo, precisaram ser interrompidas. Os procedimentos começaram a ser retomados em julho e agora serão ampliados, com o HAC voltando a ter sua capacidade total de atendimento”, anuncia o prefeito Hingo Hammes.
A transferência do atendimento em ortopedia para o HMNSE é possível por conta da redução na demanda por internações, com queda progressiva e sustentada no número de pacientes internados desde junho. A decisão pela mudança foi tomada no momento em que a cidade registra os menores números de pacientes internados desde as primeiras semanas da pandemia.
“Com o avanço da vacinação, tivemos nos últimos dias um número de pacientes internados semelhante ao que a cidade registrou nas primeiras semanas da pandemia. Esta redução nos casos graves, que vem se consolidando desde junho, permite que possamos seguir avançando nas mudanças na estrutura para atendimento a outras demandas. Já havíamos feito a reversão de leitos clínicos e de UTI covid em não covid no HMNSE e no HAC. Agora, com o atendimento de ortopedia voltando para o HMNSE, o HAC volta a funcionar em sua capacidade plena, o que permitirá que a direção da unidade amplie a realização de cirurgias eletivas”, explica o secretário de Saúde Aloisio Barbosa da Silva Filho.
“Com o retorno do atendimento de ortopedia para o HMNSE, teremos nove leitos liberados no HAC e direcionados para paciente cirúrgicos. A intenção é ampliarmos neste momento a realização de cirurgias de hérnia e vesícula”, explica a diretora administrativa do HAC, Ronye Faraco. Em função da pandemia, a realização de cirurgias e procedimentos eletivos foi suspensa em momentos mais críticos, quando a demanda por internações de pacientes com covid-19 aumentou. Este ano, os procedimentos eletivos realizado no HAC foram retomados em janeiro, precisaram ser suspensos em março e foram retomados em julho. No ano passado, os atendimentos eletivos também foram suspensos em períodos com grande demanda de internação.

HMNSE volta a ser referência para Ortopedia
A partir das 7h da manhã desta terça-feira (9/11), pacientes que precisarem de atendimento de urgência e emergência em ortopedia devem se dirigir ao Hospital Municipal Nelson de Sá Earp.
O serviço de ortopedia havia sido transferido para o HAC no dia 28 de março do ano passado, em função das adequações no HMNSE, que à época foi transformado em unidade de referência para a internação de pacientes com covid-19.
A mudança é possível com a redução de internações por covid. No domingo, a cidade tinha sete pacientes internados, considerando leitos clínicos e de UTI nas redes pública e privada. Com isso, a taxa de ocupação em toda cidade estava em 6,7% dos leitos clínicos e 7,69% dos leitos de UTI.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: