sáb. jan 22nd, 2022

Nova Friburgo se prepara para a tecnologia 5G

Nova Friburgo será um dos primeiros municípios fluminenses a contar com a tecnologia 5G. Após o leilão ocorrido no início do mês, ficou estipulado pela Anatel que o cronograma de implantação começará pelas capitais e o Distrito Federal e em seguida virão as cidades que primeiro atualizaram sua legislação. Segundo levantamento feito pela Firjan, a Federação das Indústrias do Estado do Rio, 14 municípios já estão com legislação vigente e sairão na frente.

Uma das primeiras
Além da capital e de Nova Friburgo estão aptos a ter o 5G: Petrópolis, Itaocara, São Sebastião do Alto, Cachoeiras de Macacu, São João da Barra, Campos dos Goytacazes, Cardoso Moreira, Itaperuna, Rio das Flores, Volta Redonda, Valença e Duas Barras. A previsão, no entanto, é que o 5G só chegue em Nova Friburgo em meados de 2024. As capitais devem contar com a tecnologia já no ano que vem.

Menos avançados
Outros municípios do Estado do Rio ainda estão com as legislações para implantação do 5G em tramitação, entre os quais Teresópolis. Outros, sequer começaram. Especialistas acreditam que o 5G representa uma revolução, pois pode comportar centenas de dispositivos conectados ao mesmo tempo, bem como pode atingir até 100 gigabytes por segundo – 100 vezes mais do que o 4G, tornando a nova tecnologia capaz até de concorrer com a banda larga.

Maior número de antenas
No entanto, o 5G exige de cinco a dez vezes mais antenas do que o 4G, que também será ampliado a partir do leilão. Os novos equipamentos são menores, silenciosos e ocuparão espaços mais comuns, como postes de iluminação, sinais de trânsito, fachadas e telhados de prédios públicos – motivo pelo qual é necessária uma lei específica.

Metas
A expectativa é de que até 2028, o 5G esteja instalado em todas as cidades brasileiras com até 30 mil habitantes. A meta é que 95% do território nacional conte com a tecnologia até 2035. A previsão é que o 5G movimente cerca de R$ 50 bilhões em investimentos, pois para implementar a tecnologia, é necessário aumento expressivo no número de antenas. Na próxima segunda-feira, 22, às 10h, a Firjan promoverá um evento online para as indústrias, onde tratará das oportunidades que a nova tecnologia traz.

Fonte: Voz da Serra

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: