sáb. jan 29th, 2022

Avião bimotor que desapareceu com três pessoas a bordo em Paraty não tinha autorização para fazer táxi aéreo

Um avião bimotor que estava a caminho do Rio de Janeiro caiu em mar aberto entre Ubatuba (SP) e Paraty (RJ), na noite desta quarta-feira, por volta das 21h, de acordo com o Corpo de Bombeiros. De acordo com as primeiras informações, três pessoas – entre elas, o piloto – estavam na aeronave. O avião, modelo PA-34-220T, pertencia ao copiloto, identificado como José Porfírio de Brito Júnior, de 20 anos. A aeronave não poderia fazer táxi aéreo, mas tinha autorização para fazer voos noturnos privados. A vistoria estava em dia. Na manhã desta quarta-feira, o Centro de Coordenação de Salvamento Aeronáutico montou uma operação para tentar localizar as vítimas.
Segundo o “Bom dia Rio”, da TV Globo, o voo saiu às 20h30 de Campinas, no interior de São Paulo, e pousaria no Aeroporto de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio. No entanto, trinta minutos após decolar, caiu em mar aberto na divisa entre São Paulo e Rio. A Marinha, a Capitania dos Portos e a Defesa Civil de São Paulo ajudam nas buscas. O Corpo de Bombeiros do Rio afirmou que disponibilizou uma equipe para ajudar nas buscas.
Thalya Viana, namorada do copiloto, afirmou ao telejornal que o voo saiu do Rio por volta das 8h30 em direção à São Paulo e retornaria para a capital fluminense por volta das 18h30. No entanto, a decolagem atrasou e o trio só saiu da capital fluminense duas horas depois. Meia hora depois, a jovem disse que o avião desapareceu.

Fonte: Extra on Line

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: