sáb. jan 22nd, 2022

Região Serrana recupera mais de 4 mil novos postos de trabalho em 2021

Análise feita pela Firjan mostra que em outubro a região gerou 669 vagas
Os dados agregados de todos os setores econômicos (indústria, comércio, serviços e agropecuária) mostram que a Região Serrana acumula 4.115 novos postos de trabalho formais de janeiro até outubro de 2021. A análise feita pela Firjan, a partir da plataforma Retratos Regionais, revela ainda que a Petrópolis possui o maior saldo com positivo com 2.452 no acumulado do ano, sendo 417 em outubro. Teresópolis soma 1.663 novas vagas em 2021, com 252 no mês de outubro.
Segundo Júlio Talon, presidente da Firjan Serrana, a retomada econômica está acontecendo de forma gradual, mas muito positiva, com a confiança empresarial recuperada: “A economia tem reagido bem nesses últimos meses, mesmo que de forma ainda lenta. Esse saldo positivo na recuperação dos empregos mostra que estamos avançando e que os nossos empresários estão mais confiantes. A tendência é que isso melhore nos próximos meses”, ressalta o empresário.

Números no estado:
O estado do Rio abriu 19.703 postos de trabalho formais em outubro. Análise feita pela Firjan, a partir da plataforma Retratos Regionais, destaca que, com mais esse resultado positivo, o mercado de trabalho fluminense recuperou os empregos perdidos no início da pandemia de Covid-19. Entre março e agosto de 2020 foram extintos 198.649 postos de trabalho e, de setembro de 2020 a outubro de 2021, foram abertos 200.226.
“Esse resultado, além de mostrar recuperação dos empregos, indica que os empresários fluminenses estão confiantes. É um marco importante, mas temos que continuar atentos a fatores que podem impactar essa retomada, entre eles as questões estruturais”, diz Rodrigo Santiago, presidente do Conselho Empresarial de Economia da Firjan.
Em outubro, os setores da indústria e construção abriram 3.910 postos de trabalho. A construção civil (+1.003) seguiu se destacando, seguida por Serviços Industriais de Utilidade Pública (+721), Manutenção, Reparação e Instalação de Máquinas e Equipamentos (+686) e Confecção de Artigos do Vestuário e Acessórios (+652).
O setor de Serviços abriu 11.682 vagas no mês, com destaque para Restaurantes e Outros Estabelecimentos de Serviços de Alimentação e Bebidas (+2.153) e Fornecimento e Gestão de Recursos Humanos para Terceiros (+1.107). No Comércio, o saldo de outubro foi de 4.884 contratações e os destaques foram Hipermercados e Supermercados (+782) e Vestuário e Acessórios (+750). Já a agropecuária fechou 773 vagas.
No acumulado de janeiro a outubro deste ano, o estado abriu 142 mil postos de trabalho, distribuídos entre os setores de serviços (+82,5 mil), indústria e construção (+33,5 mil), comércio (+23,8 mil) e agropecuária (+2,4 mil). As contratações estão disseminadas pelo estado, com 83 dos 92 municípios apresentando saldo positivo no acumulado do ano. Os destaques no período são capital (+64 mil), Macaé (+9,3 mil), Niterói (+6,3 mil), Campos dos Goytacazes (+4,5 mil) e São Gonçalo (+3,7 mil).

Plataforma Retratos Regionais
A plataforma Retratos Regionais da Firjan tem como base o saldo de empregos formais disponibilizados no Caged. No painel setorial são disponibilizados dados específicos dos setores industriais.
Em painel regional, que também permite a busca por município, é apresentado o cenário geral de empregos, incluindo todos os grandes setores. A plataforma pode ser acessada através deste link: https://bit.ly/2WunK6l

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: