sex. maio 20th, 2022

Especial de “Harry Potter” revela que Emma Watson pensou em deixar a franquia

O especial “Harry Potter: De Volta a Hogwarts”, lançado neste sábado (1/1) na HBO Max trouxe uma revelação da atriz Emma Watson. Durante uma conversa com os colegas Rupert Grint e Daniel Radcliffe, a intérprete da bruxinha Hermione Granger contou que chegou a cogitar abandonar a franquia durante a produção dos filmes.
“Acho que fiquei com medo. Não sei se você já sentiu como se tivesse chegado a um ponto crítico, no qual pensa: ‘Isso é meio que para sempre agora'”, comentou a atriz, referindo-se ao período em que pensou em desistir.
A revelação ganhou contexto do diretor David Yates, que comentou o clima da produção ao ser contratado para assumir a franquia no quinto longa, “Harry Potter e a Ordem da Fênix”, em 2007.
“Quando eu comecei, uma coisa que [o produtor] e o estúdio falaram comigo foi que Emma não tinha certeza se queria voltar e fazer outro ‘Potter'”, disse Yates.
O ator Tom Felton, intérprete de Draco Malfoy, complementou: “As pessoas definitivamente esquecem o que ela assumiu e como o fez graciosamente”, ele disse. “Dan [Radcliffe] e Rupert [Grint], eles tinham um ao outro. Eu tinha meus amigos, ao passo que Emma não era apenas mais jovem que todos, ela estava sozinha.”
A atriz confirmou: “Eu encontrei uma entrada no meu diário que era tipo… hmmm. Pude ver que, às vezes, me sentia solitária”.
Após ela compartilhar seus sentimentos, Grint e Radcliffe contaram que também pensaram o mesmo.
“Eu também tive sentimentos parecidos com os de Emma, pensando em como seria a vida se eu encerrasse”, disse Rupert, sobre abandonar a franquia. “Nós nunca falamos realmente sobre isso. Acho que estávamos passando por isso no nosso próprio ritmo. Estávamos meio que no momento. Simplesmente não nos ocorreu que provavelmente todos nós tínhamos sentimentos semelhantes.”
Daniel Radcliffe, o Harry Potter, concordou com os amigos, lembrando como difícil era para eles, jovens recém-saídos da infância, falarem sobre sentimentos com seus colegas.
“Nunca conversamos sobre isso nos filmes, porque éramos apenas crianças”, disse Radcliffe. “Como um garoto de 14 anos, eu nunca iria me virar para outro garoto de 14 anos e ficar tipo, ‘Ei, como você está? Tipo, está tudo bem?'”.
Ao final, Watson atribuiu sua decisão de permanecer na saga aos fãs e a amizade com os colegas de elenco. “Ninguém teve que me convencer a ir até o fim. Os fãs genuinamente queriam que tivéssemos sucesso, e todos nós genuinamente nos apoiamos. Quão bom é isso?”, completou.

Fonte: Portal Terra

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: