seg. maio 16th, 2022

Começam as obras emergenciais nas áreas comuns do Conjunto Habitacional do Vicenzo Rivetti

Presidente da Câmara Municipal, vereador Hingo Hammes se reuniu com representantes da empresa e da Caixa Econômica Federal pela manhã; Outra licitação está em fase de conclusão, para contratação da empresa que fará as obras nos apartamentos


As mais de 700 famílias que moram nos três condomínios do Conjunto Habitacional do Vicenzo Rivetti receberam, no primeiro dia útil do ano, uma notícia muito esperada: a Semtral, empresa vencedora da licitação realizada pela Caixa Econômica Federal para reparos nas áreas comuns dos condomínios, acaba de iniciar os trabalhos no local. Pela manhã, o presidente da Câmara Municipal, vereador Hingo Hammes, se reuniu com representantes da empresa e da Caixa para discutir o cronograma do serviço e pedir prioridade na revisão e adequação definitiva das estruturas dos reservatórios de água e do sistema de gás.
“Já tive muito medo, mas hoje me sinto segura porque sei que não estou sozinha. Me sinto capaz de tranquilizar os moradores e de dizer a eles que também não estão sozinhos. O início deste trabalho foi muito esperado. A sensação é de alívio”, afirmou Maria Sílvia Gonçalves, síndica do condomínio 1, que recebeu o apartamento em 2020.
O presidente da Câmara Municipal, vereador Hingo Hammes, lembrou que as várias reuniões com representantes da Caixa, ao longo de 2021, junto dos representantes do Movimento do Aluguel Social e Moradia de Petrópolis e da Comissão das Vítimas das Tragédias da Região Serrana, foram decisivas para que a licitação fosse realizada. “Agora vamos acompanhar o trabalho para garantir que todos os serviços necessários sejam executados, garantindo aos moradores aquilo que é direito de cada um: moradia digna e segura”, afirmou.
Presidente do Movimento do Aluguel Social e Moradia de Petrópolis e da Comissão das Vítimas das Tragédias da Região Serrana, Claudia Renata Ramos, frisou a importância da atuação dos grupos, com o apoio de Hammes, durante a gestão interina, para que a licitação fosse aberta e concluída. “Desde 2020 cobrávamos a realização das obras. Chegamos a acionar o Ministério Público e mantivemos contato com a Caixa em Brasília. Ao longo de 2021, fomos chamados pelo então prefeito interino Hingo Hammes para reuniões presenciais e também online com os representantes da Caixa. Agora, estamos otimistas com o início dos trabalhos”, frisou.
Segundo representantes da Caixa Econômica Federal, além do início dos trabalhos nas áreas comuns dos condomínios, está em fase de conclusão outra licitação, para obras nos apartamentos. “Vamos acompanhar junto à Prefeitura e também diretamente com os moradores, in loco e também por meio do Movimento do Aluguel Social e Moradia e a Comissão de Vítimas das Tragédias, o andamento das intervenções. Não vamos descansar enquanto não vermos todos os reparos concluídos”, garantiu o presidente da Câmara Municipal.
Também estiveram na reunião o vereador Fred Procópio e o deputado estadual Sérgio Fernandes.

ED 531-CLIQUE AQUI

%d blogueiros gostam disto: